Escolher Menu

Últimas Notícias

CONCURSOS

POLÍTICA

POLICIAL

GERAL

TRÂNSITO

» » » Rosi Vicentini publica nota de repúdio em relação a panfletos espalhados pelas ruas da cidade


Portal ImperaNews 10:01
Na tarde do último domingo (28), a candidata à deputada estadual Rosi Vicentini (PSB) publicou em sua rede social uma nota de repúdio contra a distribuição de panfletos com informações machistas e preconceituosas contra candidatas do sexo feminino. Em algumas ruas do centro e nas feiras da cidade foram jogados milhares de bilhetes contendo a seguinte frase: Não vote na mulher! Lugar de mulher é na cozinha!

A candidata disse que se sentiu totalmente desrespeitada com o ocorrido, lamentando a atitude de pessoas preconceituosas, que fazem jogo sujo e não respeitam o direito das mulheres.

O fato ocorrido virou assunto polêmico nas redes sociais. Muitas mulheres se mostraram indignadas com a situação e afirmaram que, assim como a candidata, não irão se render a essa atitude machista que fere o direito da igualdade garantido na constituição brasileira.

Vicentini pediu para que a justiça investigue o fato ocorrido e puna os culpados pela ação. Segundo ela, desde o início da campanha, suas propostas tem defendido o direito das mulheres. “Nós somos a maioria no eleitorado, mas não temos uma representação forte nos governos. Talvez esse seja o motivo de ainda existirem pessoas tão preconceituosas. Nós merecemos respeito e não vamos nos calar diante dessa situação”, argumentou.

Leia a nota na íntegra:

“Repudio e lamento a atitude de pessoas preconceituosas, que fazem jogo sujo e não respeitam a democracia do nosso país. Hoje pela manhã, foram distribuídos milhares de bilhetes nas feiras da cidade de Imperatriz com os dizeres: “Não vote na mulher! Lugar de mulher é na cozinha!”.

Atos como esse ferem não somente a mim, que sou uma das candidatas, mas a todas as mulheres em geral. Em pleno século XXI, é inadmissível a ocorrência de atitude tão desumana e desrespeitosa.

Desde o início da campanha, venho levantando a bandeira de que nós, mulheres, precisamos ser representadas de verdade. Somos a maioria do eleitorado e não vamos nos curvar diante de atitudes machistas. Esperamos que a justiça investigue e puna os culpados dessa ação.”



 
 

Nenhum comentário

Leave a Reply