Escolher Menu

Últimas Notícias

CONCURSOS

POLÍTICA

POLICIAL

GERAL

TRÂNSITO

» » » Caema pode ter contrato cancelado por desabastecimento de água na cidade


PINHEIROFOTO 06:47
O projeto de Lei do executivo deu entrada na Câmara Municipal e terá apoio de todos os vereadores

Imperatriz - Antes do início da sessão ordinárias desta terça-feira (7), o prefeito Sebastião Madeira esteve reunido com os vereadores para apresentar o projeto e pedir apoio do legislativo.
O projeto de Lei do Executivo nº 11/2014 que “autoriza o município a fazer concessão dos serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário, em conformidade com as Leis Federais nº 8.666/1993, 8.987/1975 e 11.445/2007, foi apresentado e encaminhado às comissões competentes para avaliação e posterior votação.

Madeira informou que a Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) já está prestando serviços por 40 anos, de um contrato que tem validade de 50 anos.
“Em 40 anos a Caema não tem conseguido fornecer água de boa qualidade para todos os imperatrizenses e muito menos o esgotamento sanitário. O município tem que tomar uma providência. Estamos dando entrada em um projeto de Lei para que o município possa dar os primeiros passos para que a gente possa romper esse contrato com a Caema.”

O vereador-presidente Hamilton Miranda (PSD) afirmou que a Caema já ultrapassou todos os limites de tolerância e que é preciso tomar uma atitude.
“Depois de várias tentativas, percebemos que não tem jeito, vamos pedir o rompimento do contrato, abrir um processo administrativo e abrir licitação para que outra empresa possa explorar o serviço em Imperatriz.”

Miranda citou exemplos de várias cidades no Estado, como São José de Ribamar, Santa Inês e Coroatá que já tem os serviços de abastecimento de água prestados por meio de outras empresas.

Repórter: Mari Marconccine (Assessoria)
Foto: Fábio Barbosa/Assimp
Legenda: “São atitudes que o poder Executivo junto com o poder Legislativo

1 comentários Caema pode ter contrato cancelado por desabastecimento de água na cidade