Escolher Menu

Últimas Notícias

CONCURSOS

POLÍTICA

POLICIAL

GERAL

TRÂNSITO

» » » VBL começa instalação de circuito interno de câmara para melhorar a segurança do usuário do transporte em Imperatriz.


PINHEIROFOTO 23:23

A empresa de transporte público de passageiro em Imperatriz, Viação Branca do Leste, iniciou nesta segunda feira a implantação do sistema de vídeo monitoramento que visa garantir mais segurança para o público usuário do transporte. Segundo o diretor da empresa em Imperatriz, Denis Policarpo, o principalmente objetivo das câmaras instaladas nos ônibus é tornar o ambiente mais seguro para quem usa o transporte coletivo diariamente. 
Em caso de assalto ou de outra modalidade de crime, será possível com o sistema, identificar os autores da ação criminosa. "Desde que foi implantado o sistema de bilhetagem eletrônico no transporte de Imperatriz, estes ilícito diminui sensivelmente, porem toda medida que vise garantir a segurança e diminuir riscos é sempre bem vista pela gestão atual da empresa". Garantiu Policarpo. Cada ônibus da VBL receberá um kit com quatro Câmeras que ficaram visíveis aos passageiros, cobradores e motoristas. Assim, todos terão a tranqüilidade de permanência no interior dos ônibus coletivos em suas rotinas diárias durante a utilização do serviço.
A medida adota pela VBL, é uma antecipação preventiva dos estudos realizados no setor, em empresas que operam o serviço na região norte e nordeste do Brasil.
"A empresa de ônibus da Axé de Salvador, registrou o maior número de assaltos neste ano. foram 68. Somadas as ações contra todas as outras empresas, já são mais de 680 roubos a ônibus este ano. Mas o número pode ser maior ainda, de acordo com a própria polícia. Isso porque a maioria das ações que são registradas são aquelas contra o caixa do veículo. Roubos a passageiros individualmente são pouco registrados. Por falta de tempo e pelo baixo valor das quantias levadas, as pessoas deixam de fazer o Boletim de Ocorrência o que prejudica a polícia no mapeamento das ações. Mesmo assim, os policiais já sabem, as empresas, as linhas e as regiões onde há maior incidência. A participação de mulheres e adolescentes chama a atenção. Uma das quadrilhas era formada por jovens com idades entre 12 e 13 anos e chefiada por uma garota de 16 anos de idade".
"Para a VBL, a ação preventiva de investimento na segurança do passageiros, também é parte importante das prioridades de investimento desde que a nova gestão assumiu o controle da VBL no final do ano passado", destacou o empresário e diretor da companhia Denis 

Nenhum comentário

Leave a Reply