Escolher Menu

Últimas Notícias

CONCURSOS

POLÍTICA

POLICIAL

GERAL

TRÂNSITO

» » » Cutrim responsabiliza Roseana pela onda de violência na cidade


PINHEIROFOTO 08:14
O deputado Raimundo Cutrim  voltou a criticar duramente a governadora e responsabiliza-la pela violência desenfreada em São Luís que culminou, no último domingo, com o assassinato do cirurgião Luís Alfredo Guterres. Diretor Geral do Hospital do Câncer Tarquínio Lopes (antigo Hospital Geral), Luís Alfredo foi executado a bala ao reagir a um assalto dentro de sua residência, no Jardim Eldorado – Turu. Ele era tio de Gustavo Amorim, genro da governadora Roseana Sarney.
Para Cutrim, a morte de Luís Alfredo, que chocou todo o Maranhão, é mais um crime a aumentar as estatísticas de assassinatos na Grande São Luís. “Foram 24 assassinatos só neste final de semana. Durante dez dias, me parece que já tem 45 ou 50 homicídios”, afirmou o deputado, alertando que “a situação é grave”.
Cutrim responsabilizou diretamente a governadora Roseana Sarney pela onda de violência. “Nós estamos passando por um período difícil e eu já vinha falando isso, há algum tempo. A governadora que aí está apostou pela falência do Sistema de Segurança Pública, importou um secretário e como gratidão ainda comprou um mandato de deputado federal, que saiu caro para o povo do Maranhão”, ressaltou Cutrim, assegurando que o nosso problema hoje é de credibilidade. “Armaram um fato contra a minha pessoa, tentando me acusar de envolvimento no assassinato do Décio, e a governadora, após tomar conhecimento desse fato de grande relevância, de um fato inédito do Estado, cruzou os braços. Com isto, qual é a credibilidade que tem o sistema de segurança pública com a posição da governadora que aí está, que já devia ter ido embora há muito tempo”.
Disse ainda Cutrim que a governadora Roseana Sarney está contando os dias para ir embora do Maranhão, “porque o que ela fez foi acabar com a educação, quebrar a segurança e a saúde. Só Deus sabe o tamanho do rombo que aí está, e que o Maranhão vai pagar em dezenas e dezenas de  anos”, concluiu o deputado.
Blog Jorge Vieira

Nenhum comentário

Leave a Reply