Escolher Menu

Últimas Notícias

CONCURSOS

POLÍTICA

POLICIAL

GERAL

TRÂNSITO

» » » Projeto socioambiental destina material reciclável em troca de desconto na conta de energia


PINHEIROFOTO 15:05
O projeto ECOCEMAR já reciclou mais de 168 toneladas de resíduos em Imperatriz

Inaugurado em Imperatriz em agosto do 2013, o projeto ECOCEMAR foi o primeiro projeto socioambiental instalado no município, com destinação de resíduos à indústria da reciclagem, em que o benefício é voltado à comunidade. O intuito do projeto é arrecadar materiais recicláveis em troca de bônus na conta de energia elétrica.
Desde então, o ECOCEMAR já coletou mais de 168 toneladas de resíduos, o que resulta em 142 mil quilos de resíduos que não tiveram o meio ambiente como destino. “Hoje, o ECOCEMAR é um projeto de oportunidades, em que, por meio do beneficio do desconto na fatura de energia elétrica, proporciona o incentivo para a comunidade realizar a coleta seletiva e contribuir o ambiente”, conta o responsável pelo projeto em Imperatriz, Rogério Abreu.
Durante este período de instalação no município, foram cerca de 11 mil reais de desconto na conta de energia cedidos em troca dos resíduos para os 433 clientes cadastrados e ativos no projeto. 

A dona Durvalina Viana, moradora do bairro Vila Parati, entrega os resíduos de sua residência assiduamente no ECOCEMAR e elogia o projeto. “Preferi doar para o ECOCEMAR ao invés de outros lugares, pelo fato de estar bem localizado, estacionamento fácil, ambiente limpo e atendimento excelente. E outro motivo relevante é obter descontos na minha conta de energia!” 
Contribuição social – Além disso, os bônus na conta de energia também podem ser doados para as entidades filantrópicas registradas no projeto. Todos os resíduos arrecadados por empresas, que não podem receber o bônus na sua unidade consumidora, são revertidos em desconto na conta de energia das entidades escolhidas pelo cliente. 
Em Imperatriz, foram mais de 1.600 reais de bônus doados para a conta de energia das sete entidades filantrópicas cadastradas no projeto, como o Lar São Francisco, APAE, Ampare, Centro Terapêutico Casa De Davi, Associação Beneficente Cidade Esperança, Mitra Diocesana de Imperatriz e Creche Escola Vida. 
Dentre outros benefícios, o ECOCEMAR também estimula a consciência ambiental na sociedade. Durante este ano de existência, o projeto já realizou cerca de 30 ações de conscientização ambiental em escolas, comunidades carentes, associações e municípios adjacentes, resultando em educação sustentável para Imperatriz e demais municípios da Região Tocantina.
“Além do bem-estar e o sentimento de ‘estou fazendo a minha parte’, a cidade só tem a ganhar com as ruas mais limpas, o bônus proporcionado ao cliente, e a oportunidade que os clientes têm em destinar o bônus para as entidades filantrópicas”, explica Rogério Abreu.
Resíduos – Desde o primeiro posto do projeto em São Luís, em 2011, já foram arrecadados e reciclados mais de 2,6 mil toneladas de resíduos recicláveis. Os materiais recebidos são: plástico (PET, plástico duro, plástico filme e PVC), metal (aço inox, alumínio, antimônio, ferro, bronze, chumbo, panela de alumínio, bateria de carro), papel (branco, misto, jornal e papelão), óleo de cozinha, embalagens Tetra Pak e resíduos eletrônicos (pilhas, baterias e sucata de celular). 
Papel misto foi a classe de resíduo mais arrecadado em Imperatriz, com mais de 85 toneladas trocados por bônus. Logo em seguida vem o papelão (19 toneladas), papel misturado e metal misturado (6 toneladas cada), e ferro batido e plástico misto (4 mil toneladas cada), além dos demais tipos de resíduo. 
Para haver uma destinação correta, as garrafas PET têm de estar lavadas e enxutas, assim como o papel, papelão e plástico devem estar limpos e secos. Os resíduos eletrônicos não geram bônus, mas recebem a destinação adequada e não poluem o meio ambiente. 
Postos – Em Imperatriz, o ECOCEMAR possui dois postos. O primeiro fica localizado no estacionamento da sede administrativa da Cemar, na BR-010, ao lado do Imperial Shopping. O segundo se encontra no 3º Batalhão de Polícia Militar, localizado na Rua Leôncio Pires Dourado, Bacuri. 
“Todos da minha família estão nesta luta pela preservação da natureza. Até meus netos aprenderam a importância de separar o lixo reciclável do orgânico!”, finaliza a cliente, Durvalina Viana.

Nenhum comentário

Leave a Reply