Escolher Menu

Últimas Notícias

CONCURSOS

POLÍTICA

POLICIAL

GERAL

TRÂNSITO

» » » “Estou pronto para embarcar numa viagem desafiadora”, diz vereador Adonilson em seu primeiro discurso na Câmara


PINHEIROFOTO 00:20
Em seu discurso de estreia na Tribuna da Câmara Municipal de Imperatriz, o Vereador professor Adonilson Lima do PCdoB traçou um paralelo entre a   história de vida, luta política e os pilares que vai defender nos próximos dois anos de mandato.

Adonilson falou dos desafios à enfrentar e da necessidade de se repensar como os mandatos se relacionam com o cotidiano da cidade.” A   ação legislativa pode se consagrar às grandes causas do desenvolvimento e do futuro da nossa capital do sul maranhense”, frisou o vereador destacando a esforço necessário para implementar os projetos de interesse coletivo.

Ação legislativa
O professor Adonilson Lima falou de   quatro pontos estratégicos a serem defendidos na ação legislativa:

Comissão Permanente para Regularização Fundiária - O primeiro deles, o fortalecimento do trabalho das comissões técnicas e a sugestão de criação de uma comissão permanente para regularização fundiária. “Esse é um tema  desafiador das grandes metrópoles, temos duas cidades,  a regular e a irregular, temos em Imperatriz quase cem comunidades que lutam por suas regularizações”, justificou Adonilson

Descentralização da Câmara - O segundo ponto defendido por Adonilson foi a defesa com maior intensidade do processo de descentralização da câmara com a realização das audiências públicas nas regiões onde os problemas ainda imperam com mais agravantes. “Vamos debater com as comunidades, não só a parcela destinada  aos investimentos, dar um passo além, discutir o orçamento como um todo, acompanhando a execução das obras e serviços”.

Uma Agenda Estratégica para o Futuro  -  O terceiro,  Adonilson vai defender a necessidade de constituição de um Fórum Permanente de debates tendo como parceiros, a sociedade civil organizada, urbanistas, universidades para “formularem uma agenda estratégica de temas desafiadores que a nossa capital enfrenta, como por exemplo, o planejamento urbano, a circulação de trânsito, a segurança pública, planejamento familiar, entre tantos outros...”

Criação do Instituto de Altos Estudos em Desenvolvimento -  O professor Adonilson Lima sugeriu a criação do Instituto como instrumento de produção do conhecimento em favor do progresso econômico, político e social da cidade . “As capitais que mais avançaram nas últimas décadas fizeram uso desse instrumento. Por que nós não podemos aprender com essa experiência? Indagou Adonilson reforçando o apoio das organizações da sociedade civil e universidades neste projeto.

História de vida, política
Fazendo  o trocadilho com o provérbio “Fale muito das coisas, pouco de si e nada dos outros”,  Adonilson se permitiu depois das propostas, falar da trajetória sofrida até chegar ao mandato de vereador.

Emocionado, citou a vida difícil na zona rural do  sertão maranhense e a determinação em romper o que batizou em  de “determinismo da pobreza”. “Quando saí do povoado capa do bode na então pequena cidade de Presidente Dutra tinha ainda, as mãos calejadas pelo cabo da enxada e a pele queimada do sol”.

Na chegada à capital, com 15 anos de idade o relato de dias difíceis e a luta para encontrar o futuro. “Naquela cidade fui vendedor de revistas, perfumes, cachorro quente, carregador de caixas na ceasa até chegar a Universidade Federal do Maranhão...”

Formada em História e Direito pela UFMA, Adonilson fez um relato  dos vinte anos de militância política, dez deles, como membro do Partido dos Trabalhadores.  Citou as lutas ainda como estudante, secretário do DCE da UFMA,  a participação  nas manifestações lideradas pela UNE e na filiação em 2007 ao PCdoB. “A partir desse patrimônio pessoal que pretendo exercer o mandato que me é confiado pelo povo e pela legislação, exercê-lo com bravura, transparência, ética e determinação”, disse o vereador.


Depois dos agradecimentos em especial à família do vereador, Adonilson encerrou o discurso com um teor de “recomeço”    nas sábias palavras do pintor Pablo Picasso. “O que já fiz não interessa, só penso no que ainda não fiz. È assim que me sinto hoje: pronto para embarcar numa viagem desafiadora”. (ASCOM/GABINETE)   

1 comentários “Estou pronto para embarcar numa viagem desafiadora”, diz vereador Adonilson em seu primeiro discurso na Câmara

  1. cara vem me falar e em mudar nome de teatro vai procurar o q fazer meu querido q a cidade ta cheia de cruzetas e nao mudar nome de teatro ,e o ferreira fica como .

    ResponderExcluir