Escolher Menu

Últimas Notícias

CONCURSOS

POLÍTICA

POLICIAL

GERAL

TRÂNSITO

» » » Presidente da Agerp Fortunato Macedo é eleito membro do conselho fiscal da Asbraer


PINHEIROFOTO 07:28
O presidente da Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e de Extensão Rural do Maranhão (Agerp-MA), Fortunato Macedo, foi eleito membro titular do conselho fiscal da Associação Brasileira das Entidades Estaduais de Assistência Técnica e Extensão Rural (Asbraer). A escolha foi feita durante a 48ª assembleia ordinária da entidade, realizada nesta terça-feira (10), em Brasília, com a presença de representantes das instituições de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater) de todo o país.
Na assembleia foi eleito o novo Conselho Diretor para o biênio 2015-2017. Argileu Martins da Silva, atual presidente da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal (Emater/DF), é o novo presidente da Asbraer.
Presente na eleição, o diretor de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater) da Agerp, Pedro Pascoal, falou do momento que vive o Maranhão no cenário nacional. “Com Fortunato Macedo como membro titular do conselho fiscal, o nosso estado integra, a partir de agora, a diretoria da Asbraer, representando a força de uma nova gestão, o que contribui para ações de Ater. Uma forma de renascimento para o sistema de assistência técnica e extensão rural no Maranhão”, disse.
Tendo como principal diretriz a importância da assistência técnica e extensão rural para a agricultura familiar, o evento seguirá com a prestação de contas da atual gestão, exposição dos resultados, metas e propostas das instituições e associações de Ater de todo Brasil, assim como o planejamento estratégico da entidade para o período.
O Serviço de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater) têm por objetivo, orientar as ações da Extensão Rural em todos os estados brasileiros. A Asbraer é a representante institucional e política de sistema estadual de Ater no país. A entidade busca o fortalecimento da assistência técnica e extensão rural, um serviço essencial de desenvolvimento rural sustentável para melhoria da qualidade de vida e redução das desigualdades no Brasil.
O público atendido pela ação extensionista abrange produtores rurais, agricultores familiares, jovens rurais, público urbano, assentados da reforma agrária e comunidades rurais tradicionais – extrativistas, pescadores, ribeirinhos e quilombolas, dentre outros. Atualmente, a rede pública de Ater é a principal executora das políticas públicas dos governos municipais, estaduais e federal.
A rede de Ater é responsável pela aplicação de 80% do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf); 87% do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE); 62% do PAA; 51% do “Brasil sem Miséria”; além de atuar na execução de programas como “Minha Casa, Minha Vida Rural”, “Luz para Todos” e daqueles relacionados ao uso racional da água e mitigação da seca.

Nenhum comentário

Leave a Reply