Escolher Menu

Últimas Notícias

CONCURSOS

POLÍTICA

POLICIAL

GERAL

TRÂNSITO

» » » “Em 80 dias de governo, a visão é a essência de uma nova história, diz Vereador Adonilson


PINHEIROFOTO 17:06

Em discurso no Plenário da Câmara, o vereador professor Adonilson(PCdoB) estabeleceu o antagonismo histórico defendido por uma contextualização entre os três grupos políticos que governaram o Maranhão nos últimos 90 anos e a forma de gerir o Estado adotada pelo governador Flávio Dino. De um lado as oligarquias, o imperialismo, os votos de cabresto, o controle de cargos federais, do judiciário, da midia que permearam por quase um século, desde Benedito Leite passando por Vitorino Freire   até José Sarney.  Do outro, segundo o vereador, uma nova forma de gestão governamental.

Para   Adonilson as ações de 80 dias de governo impõem um ritmo que promete uma nova história formada por uma essência de esquerda. “São poucos dias para o muito que foi feito, por que nós temos o governador Flávio Dino a frente de um governo que não é uma gestão de esquerda na sua composição total, mas é um governo de esquerda na essência do comando”.

De acordo com o  vereador  o mesmo Governador que visitou a fábrica da Suzano e conheceu a funcionalidade e importância da empresa para a região, sentou com as lideranças do MST na semana passada quando Flávio Dino foi recebido pelos militantes do Movimento Sem Terra e aplaudido em praça pública. “O mesmo governador que faz com que a secretaria de indústria e comércio funcione bem, faz com que a refinaria Premium seja retomada e cria pela primeira vez no maranhão, a Secretaria de Agricultura Familiar”, ressaltou Adonilson
O respeito à Região Tocantina 
com os nomes de Imperatriz à frente de pastas importantes do governo do estado foi outro ponto citado como diferencial na gestão Flávio Dino. “Imperatriz e região se transformaram num canteiro de obras com a atuação do competente  Secretário de Infraestrutura do estado Clayton Noleto”, elogiou o vereador. “ 

A   número dois para a  saúde do Maranhão, a Subsecretária Rosângela Curado(PDT)   com ações fantásticas para Imperatriz,  não é somente  a pactuação do Sistema de Saúde do Maranhão-Piauí, não é somente a reforma do Hospital Regional, não é apenas o contrato de oncologia  com a Oncorádio, são muitas ações”, frisou Adonilson acrescentando que  na Segurança Pública, serão dois mil novos policiais e o   trabalho que está sendo desenvolvido na   reestruturação de Pedrinhas, um dos gargalos da gestão anterior”.

Em relação a Educação o vereador falou sobre a importância das eleições diretas para diretores de escolas que serão organizadas em junho,  “não precisamos de greve e pressão parlamentar  e temos  nesse momento os trabalhadores da educação felizes com o governo do estado pelo aumento considerável e pela progressão salarial da categoria”.

Por último Adonilson abordou a relação de prestígio e respeito ganhos pelo Governador no país ao  entrar com uma ação direta de inconstitucionalidade solicitando um mandado de injunção junto ao STF – o Supremo Tribunal Federal estabelecendo que se normatize o que já existe na Constituição Federal, a taxação das grandes fortunas do país. “Estabelecer um debate importante no STF, fazendo com que as grandes fortunas desse país possam pagar imposto e resolver uma parcela da crise que nos encontramos hoje”, disse o vereador.

No discurso que propôs a reflexão sobre  um paradoxo de extremos bem definidos o vereador Adonilson assim concluiu  a fala  com a frase, “Não é um homem, não é um partido, é uma essência de uma nova história”.


(Mozart Magalhães – ASCOM gabinete)

Nenhum comentário

Leave a Reply