Escolher Menu

Últimas Notícias

CONCURSOS

POLÍTICA

POLICIAL

GERAL

TRÂNSITO

» » » Governo anuncia investimentos no abastecimento de água em Imperatriz e Açailândia


PINHEIROFOTO 08:19

O governo do Estado, por intermédio da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema), fará investimentos da ordem de R$ 20 milhões em Imperatriz e R$ 10 milhões em Açailândia para recuperações e expansão da rede de distribuição de água, de reservatórios e perfuração de novos poços. Esse montante de recursos é oriundo da repactuação de operação de crédito junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). 
O anúncio desses investimentos na Região Tocantina foi feito pelo diretor-presidente da Companhia, Davi Telles, em visita às cidades de Imperatriz e Açailândia, na quinta-feira (9). Ele disse que está seguindo orientações do governador Flávio Dino que tem como meta melhorar significativamente o abastecimento de água nas duas maiores cidades da região, consideradas estratégicas pela Caema. Na oportunidade, Davi Telles deu posse ao novo chefe da Gerência de Negócios de Imperatriz, Denílson Santos de Freitas. 
Acompanhado do diretor de Operação e Manutenção, Nelson Cavalcanti, o diretor-presidente fez visita as Estações de Tratamento e de Captação de água, que terão investimentos em equipamentos novos. “Dos 20 milhões de Imperatriz cinco serão investidos na Estação de Captação e tratamento de água. Os outros 15 milhões serão para expansão e melhoramento do sistema de distribuição”, disse Davi. 

O diretor-presidente da Caema, Davi Telles, reforçou que a atual administração trabalha para cumprir a meta do governador Flávio Dino no sentido de garantir melhorias na qualidade de vida dos maranhenses. “A Caema vive hoje um novo momento, um novo ciclo de investimentos com enfrentamento dos problemas e a busca pela resolução destes, a curto e médio prazos”, garantiu. 
O diretor-presidente anunciou, ainda, que dois importantes poços que estavam desativados, um no Parque Santa Lúcia e outro no Parque Amazonas, em Imperatriz, serão reativados em até 40 dias. “Esses dois poços verterão cem metros cúbicos de água por hora, resolvendo assim o problema de abastecimento dessas duas regiões da cidade de Imperatriz”, informou. 
Davi Telles aproveitou para destacar a convocação de novos funcionários para a Caema, aprovados no concurso realizado em 2014, dentre os quais sete engenheiros. “Hoje lançamos a convocação de 183 novos concursados, dos quais alguns são engenheiros e desses, três virão para Imperatriz. Quarenta e dois novos colaboradores da Companhia serão para regional de Imperatriz, destes 29 só para a cidade de Imperatriz e sete para Açailândia. Essa é uma data histórica para a Caema, pois há 27 anos a empresa não contratava um engenheiro”, acrescentou. 
Durante sua passagem pela região Tocantina, Davi foi questionado em relação ao esgotamento sanitário de Imperatriz, onde a maioria dos esgotos é jogada in-natura no Rio Tocantins. Segundo ele, para que o saneamento funcione são necessários boa gestão e investimentos que o governador Flávio Dino está buscando não somente para São Luís e Imperatriz, mas para todo o estado. 
“A situação chegou a esse ponto porque o Maranhão passou pelo menos três décadas sem grandes investimentos em saneamento básico. Essa lógica está sendo invertida neste momento. E eu quero comunicar de maneira muito clara que os investimentos públicos estão voltando ao saneamento básico no Maranhão e, especificamente, à Imperatriz”, frisou o diretor-presidente da Caema.

Nenhum comentário

Leave a Reply