Escolher Menu

Últimas Notícias

CONCURSOS

POLÍTICA

POLICIAL

GERAL

TRÂNSITO

» » » Incentivo do Estado garante novos voos para o Maranhão


PINHEIROFOTO 06:59


O governo do Estado, por meio da secretaria de Turismo do Maranhão (Setur) anunciou na manhã desta segunda-feira (13), juntamente com a Sete Linhas Aéreas, os novos voos que a companhia passará a operar no Maranhão. Segundo a secretária de Estado do Turismo, Delma Andrade, a ampliação da malha aérea é resultado da redução da alíquota do ICMS do querosene, determinada pelo governador Flávio Dino. “Esta medida nos torna mais competitivos diante do cenário nacional”, destacou Delma.

O diretor comercial da Sete Linhas Aéreas, Décio Assis, anunciou que a partir do dia 15 de junho, haverá frequência diária de voo partindo de Palmas (TO), passando por Imperatriz (MA) até chegar a São Luís (MA), e o retorno, saindo da capital do Maranhão, com parada em Imperatriz, até chegar à capital do Tocantins. Também haverá voo que ligará Teresina (PI) até São Luis, passando também por Imperatriz. Os voos acontecerão em aeronaves de 30 lugares. “A expansão será completada com a operação de voos para a cidade de Carolina, na Chapada das Mesas, a partir de voos vindos de Brasília, com escala em Palmas”, explicou.

De acordo com Delma, após estudos técnicos, rodadas de diálogo e sensibilização das empresas de transporte aéreo, o governo do Estado do Maranhão passou a atuar com carga tributária de 17% para empresas que operarem em um aeroporto maranhense, de 12% para operações em dois aeroportos e 7% para três ou mais aeroportos ou promoção de voos internacionais a partir do Maranhão. A alíquota praticada anteriormente era de 25% para todas as empresas.

Décio Assis ressaltou que este incentivo do governo Flávio Dino mudou as perspectivas da Sete Linhas Aéreas no Maranhão. “O combustível representa grande parte dos custos da nossa operação, sendo assim, a queda dos impostos nos permite investir neste mercado, que já nos oferece bons resultados. Operados alguns voos há três meses e a ocupação está acima da expectativa. Já estamos ansiosos para os aeroportos de Barreirinhas e Balsas”, complementou Assis.


Nenhum comentário

Leave a Reply