Escolher Menu

Últimas Notícias

CONCURSOS

POLÍTICA

POLICIAL

GERAL

TRÂNSITO

» » » José Carlos manifesta solidariedade aos lojistas da Avenida Dorgival Pinheiro


PINHEIROFOTO 06:51

O vereador-presidente José Carlos Soares Barros (PTB) manifestou nessa terça-feira (5) solidariedade aos proprietários de comércios em Imperatriz, principalmente os que foram afetados com a proibição de estacionamento [lado direito] na Avenida Dorgival Pinheiro de Sousa, no Centro.
Segundo ele, a maioria das lojas se concentra nas avenidas Getúlio Vargas e Dorgival Pinheiro de Sousa, consideradas um grande “shopping a céu”, gerando dezenas de postos de trabalho e renda aos trabalhadores da maior cidade do interior do Maranhão.
“Quero esclarecer que não é a Câmara Municipal, mas o vereador José Carlos que está se solidarizando com os donos de comércios, vítimas da falência das lojas da cidade de Imperatriz”, disse ele, que enfatiza a luta das entidades de classes, como é o caso da Associação Comercial e Industrial de Imperatriz (ACII).
José Carlos Soares assinala que o comércio brasileiro, de modo em geral, enfrenta crise econômica, situação que pode se agravar com a concorrência desleal ao proibir estacionamento de veículos, de um lado, da Avenida Dorgival Pinheiro de Sousa, em Imperatriz. “A falta de investimentos e a estagnação da economia ameaça a falência de empresas, fato que não posso como representante de todas as classes deixar que tirem o direito adquirido de alguém, sem dar a recompensa”, frisa.
Estudo – Ele ressalta que desde que o município resolveu disciplinar o estacionamento de veículos na Avenida Dorgival Pinheiro de Sousa tenta convencer o prefeito Sebastião Madeira a realizar um estudo mais profundo visando aperfeiçoar o sistema de estacionamento rotativo na área comercial de Imperatriz. “O motorista terá 15 minutos para resolver seus problemas, mas caso queira passar mais que isso deve comprar o tempo de estacionamento”, sugere.
Outra proposta seria a criação da chamada “faixa azul”, criando empregos e disciplinando o estacionamento de veículos no setor comercial. “Porém, adotar medidas secas, ditatoriais, sem discussão e planejamento, é um absurdo!”, asseverou ele, que garante travar uma luta pela melhoria dos espaços públicos da cidade, inclusive reiterou que “continua acreditando no prefeito Sebastião Madeira”.
“Ele (Madeira) disse, por diversas vezes, que iria fazer um experimento da Avenida Dorgival Pinheiro de Sousa, sem estacionamento, devendo colocá-lo em prático por alguns dias, porém se fosse do desejo popular e discutido por ampla maioria e, se não desse certo, fazia questão de ouvir a classe empresarial para debater o assunto”, finalizou. [Assimp-Câmara]

Nenhum comentário

Leave a Reply