Escolher Menu

Últimas Notícias

CONCURSOS

POLÍTICA

POLICIAL

GERAL

TRÂNSITO

» » » Deputado Léo Cunha iniciou a luta pela adequação de aeroportos regionais no Maranhão‏


PINHEIROFOTO 13:27


O deputado Estadual Léo Cunha (PSC) comemorou a inclusão do Maranhão no Plano Nacional de Aviação Regional, medida que vai possibilitar investimentos da ordem de R$ 270 milhões na implantação e adequação de onze aeroportos regionais no estado.
O parlamentar da região tocantina acompanhou de perto, na tarde de quarta-feira (1°), o ato solene de assinatura do Termo de Delegação de Aeroportos para Implantação no Maranhão, evento com a presença do vice-governador, Carlos Brandão, e representantes da Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República, do Governo do Estado e prefeitos dos municípios que serão contemplados pelo Termo de Delegação.
“Estou muito satisfeito com essa iniciativa, um grande passo foi dado para incluir o Maranhão nas rotas regionais. Nosso esforço para o fortalecimento da economia e da cadeia turística não foi em vão e o governador Flávio Dino soube no momento certo dar início ao processo que visa grandes melhorias em nossos aeroportos”, destacou Léo Cunha.
Neste primeiro momento seis municípios serão contemplados com reformas e adequações de aeroportos, são eles: Bacabal, Barra do Corda, Barreirinhas, Carolina, Pinheiro e Santa Inês. Em breve as cidades de Imperatriz, Balsas, Caxias, Governador Nunes, e São João dos Patos totalizarão as onze localidades previstas pelo Programa de Aviação Regional. A cidade de Carolina foi a primeira a ser beneficiada com a medida.
“Carolina, na Região Tocantina, já teve seu aeroporto adequado e reaberto após mais de vinte anos sem operações. Já há uma grande procura de passageiros vindos de outras regiões para conhecer as belezas naturais do Sul do Maranhão. A economia da região ganha e o Maranhão desponta no cenário nacional”, detalhou o parlamentar.

Conquista – A luta do deputado Léo Cunha é antiga para que o Maranhão fosse definitivamente incluído no roteiro dos aeroportos regionais. Recentemente, o parlamentar esteve em Brasília (DF) e acompanhado do deputado federal Hildo Rocha, esteve reunido com o ministro-chefe da Aviação Civil, Eliseu Padilha, onde formalizou o pedido para inclusão do estado no Plano de Aviação e falou sobre a importância da estruturação desses aeroportos para pouso de aeronaves com capacidade maior de passageiro e de cargas, integrando os municípios às aerovias comerciais.
Após o encontro, o ministro Eliseu Padilha firmou compromisso e se prontificou em atender as reivindicações apresentadas por Léo Cunha.
“Essa vinda dos deputados Léo Cunha e Hildo Rocha só nos dá motivação ainda maior para trabalhar pela inclusão dos aeroportos regionais no Maranhão. Essa medida vai permitir melhorias na infraestrutura aeroportuária, atração de novos turistas e também garantir passagens mais baratas, iniciativas que já estão inclusas nesse programa”, disse à época, o ministro.
O ministro também falou a respeito da inclusão de Imperatriz no roteiro dos voos regionais e reiterou o compromisso já firmado com o parlamentar, para que a cidade ganhe em breve mais opções de rotas.
“Imperatriz tem um aeroporto dentro dos padrões, muito bem estruturado e vamos também trabalhar para atender esse pedido do Léo Cunha, a de incluir o município nas rotas regionais”, finalizou.

Luta por mais melhorias – Preocupado com os constantes transtornos ocasionados pelo atraso nos voos no Aeroporto de Imperatriz, em razão das mudanças climáticas, Léo Cunha também apresentou um pedido para a Secretaria de Aviação Civil para aquisição de um aparelho DVOR-DME, que permite as aeronaves localizarem o aeroporto onde o equipamento está instalado e melhore a precisão de distância entre a aeronave e o solo. “O aparelho já existe no aeroporto, porém, se encontra ultrapassado, a troca por outro mais moderno seria a solução a fim de melhorar as operações de pouso e decolagem”, explicou Léo Cunha.

Quanto à inclusão do aeroporto da cidade na rota regional, o deputado afirma que além da comodidade em poder pegar um voo direto, o cidadão também terá a vantagem de pagar mais barato. “Com os voos regionais as passagens ficam mais baratas com custos subsidiados pelo Governo Federal, e os passageiros terão maior comodidade, pois não terão necessidade de fazer grandes conexões até chegarem a seu destino”, finalizou Léo Cunha.
VEJA O VIDEO 

Nenhum comentário

Leave a Reply