Escolher Menu

Últimas Notícias

CONCURSOS

POLÍTICA

POLICIAL

GERAL

TRÂNSITO

» » » Léo Cunha participa da assinatura de ordem de serviço para a MA-275


PINHEIROFOTO 14:24




O deputado estadual Léo Cunha (PSC) participou na manhã de ontem (12), ao lado do secretário Clayton Noleto (Infraestrutura), da cerimônia de assinatura da ordem de serviço para o asfaltamento da Rodovia MA-275, no trecho entre a cidade de Sítio Novo do Maranhão e o povoado Santana. O evento aconteceu na praça central do município de Sítio Novo e reuniu diversas lideranças políticas, comunitárias e classistas.



A realização do trabalho de recuperação da via era uma antiga reivindicação do deputado Léo Cunha e um anseio da população da região. "Por diversas vezes solicitei ao Governo do Estado a realização dessa obra e agora será executada. Quero inclusive agradecer ao governador Flávio Dino e ao secretário Clayton Noleto por atender nosso pedido. Nossa gente é quem ganha", disse.



Outra obra que também recebeu ordem de serviço foi a de recuperação do trecho da MA-275, entre as cidades de Amarante do Maranhão à Sítio Novo. “As melhorias que serão feitas nesse primeiro momento vão proporcionar boas condições para os motoristas transitarem na via. Também é uma luta minha, para que consigamos asfaltar esse trecho e concluir a interligação por meio de acesso asfaltado, entre os municípios dessa região com o centro-oeste maranhense”, destacou o parlamentar.



Durante o evento, o deputado Léo Cunha aproveitou a oportunidade para reforçar um pedido ao secretário Clayton Noleto, para que o Governo do Maranhão possa realizar obra de desvio do trecho da Rodovia MA-280 que corta a região central da cidade de Sítio Novo do Maranhão. “Espero que o Governo do Estado observe com atenção a esse meu pedido. Temos que buscar alternativas para desviar o fluxo de veículos da MA-280, retirando essa movimentação da parte central da cidade e dessa forma buscar diminuir os impactos provocados pela grande movimentação”, observou.

Nenhum comentário

Leave a Reply