Escolher Menu

Últimas Notícias

CONCURSOS

POLÍTICA

POLICIAL

GERAL

TRÂNSITO

» » » A POLÍTICA EM IMPERATRIZ NA PRIMEIRA METADE DE 2015 PELO BLOG DO MARCELO LIRA...


PINHEIROFOTO 19:25
Por Marcelo Lira

O primeiro semestre de 2015 acabou, acabou o primeiro semestre do primeiro ano da mudança do Maranhão, inegavelmente o governo Flávio Dino (PCdoB) fez mais do que se esperava para o período, haja vista que o paradigma político impõe que os primeiros meses de um novo governo, são de observações, levantamentos e auditorias para que se possa ter uma noção do que foi deixado pela gestão anterior, ainda mais quando se trata de um governo anterior como o que o Maranhão tinha.

Mas Flávio Dino (PCdoB) quebrou, ou melhor, acabou com esse paradigma, desde os primeiros dias de mandato vem anunciando obras e medidas que visam fazer com que o estado volte aos trilhos do crescimento.
A Secretaria de Infraestrutura, nas mãos do imperatrizense Clayton Noleto (PCdoB) vem sendo o carro chefe da mudança, as estradas do estado e as ruas dos municípios em parceria com as suas respectivas prefeituras vem tendo atenção especial, recebendo pavimentação asfáltica e nos casos das vicinais das zonas rurais as melhorias também estão sendo feitas.

No legislativo estadual a revelação Dep. Prof. marco Aurélio (PCdoB), como venho dizendo desde o começo do ano, vem se tornando uma referência parlamentar e influenciando positivamente uma mudança de postura dos outros deputados e dos eleitores, mesmo antes de assumir o mandato Marco Aurélio já se comportava como parlamentar e dava sinais de como seria o seu mandato, popular, participativo, próximo aos seus eleitores de Imperatriz e região. Para se ter uma ideia ele passou todo o período do seu recesso parlamentar na região, trabalhando. Creio que de agora em diante quando alguém for avaliar um deputado estadual em Imperatriz e na região tocantina, vão dizer: "esse não faz igual ao Marco Aurélio... ou esse faz quase igual ao Marco Aurélio..."

Durante todo esse semestre não se passou uma semana sem que fosse discutido na esfera política de Imperatriz quem poderia ser o sucessor do atual prefeito Madeira, nomes que eram esperados há muito tempo como o da Sub-Secretária Rosângela Curado (PDT) e do ex-Prefeito Ildon Marques (PMN) apareceram fortes, com era de se esperar, todavia as questões do ex-prefeito com a justiça ainda assombram sua vida política e podem atrapalhá-lo na corrida para a Prefeitura de Imperatriz em 2016.

A grande novidade na corrida da sucessão municipal de Imperatriz foi o aparecimento do nome doDelegado Assis Ramos (ainda sem partido), que embora não esteja mais na cidade, deixou boa impressão por aqui, mesmo sem dar solução há alguns casos importantes que marcaram a sociedade imperatrizense, seu nome inegavelmente traz consigo o apelo da novidade, todavia também traz a "ilusão" de que ele possa trabalhar pela segurança pública municipal, coisa que um prefeito tem pouca interferência.

Embora ainda não tendo o devido destaque nas primeiras pesquisas para consumo interno, o titular da SINFRA estadual, Clayton Noleto (PCdoB) vem tendo seu nome constantemente colocado no rol dos "prefeituráveis", o fato de ser do mesmo partido e homem de confiança do governador e ter o apoio declarado do prefeito Madeira e suas respectivas bases e militâncias é inegavelmente um trunfo que deve ser respeitado.

Pro Legislativo Municipal, 2016 promete trazer a mais ferrenha disputa da história da cidade, dos 21 atuais vereadores que compõe a Câmara, a heterogeneidade é a marca da casa, até um "bloco independente" surgiu, alguns vereadores como o atual presidente da Câmara José Carlos (PTB)se fortaleceram muito, enquanto outros como alguns secretários municipais, nem lembramos que existem. 
Inegável também que com a vitória do atual governador os dois vereadores do PCdoB se fortaleceram e muito, Carlos Hermes e Adonilson aos poucos deixam de ser coadjuvantes para gradativamente tornarem-se protagonistas da cena política municipal.

Quanto ao Prefeito Madeira (PSDB), deve estar satisfeito em ver sua imagem mudar nos últimos 8 meses, de líder político de baixa popularidade, com imagem desgastada por embates com alguns setores a sociedade e do funcionalismo público nos primeiros dois anos do seu segundo mandato, para a de uma liderança política que goza de mais tranquilidade política e de maior apoios da sociedade e do funcionalismo público e que muito provavelmente será nome forte como pré-candidato a uma das duas vagas para representante do estado no senado federal em 2018.

Imperatriz é uma cidade que ferve quando o assunto é política, lembro-me de uma professora carioca em uma pós-graduação que dizia que depois de andar por todos os estados e por dezenas de cidades no Brasil, nunca tinha visto uma cidade com um envolvimento tão grande e significativo com a política.
Que o segundo semestre de 2015 nos traga mais avanços, pois pra frente é que se anda...

PUBLICAÇÃO DO BLOG DO MARCELO LIRA

Nenhum comentário

Leave a Reply