Escolher Menu

Últimas Notícias

CONCURSOS

POLÍTICA

POLICIAL

GERAL

TRÂNSITO

» » » Policiais civis são capacitados em prevenção e repressão ao tráfico de drogas


PINHEIROFOTO 15:17




Com o objetivo prevenir e reprimir o comércio e o uso de substâncias entorpecentes no Maranhão, a Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP), em parceria com a Academia Integrada de Segurança Pública (AISP), realizou o curso sobre “Investigação de Narcóticos” na semana passada. Na oportunidade, foram capacitadas 41 policiais, entre delegados, investigadores, escrivães e peritos.

O curso foi realizado na sede da AISP, de quarta (5) até a sexta-feira (7), totalizando uma carga horária de 20h. Os policiais que participaram da capacitação receberam instruções sobre identificação das drogas mais usadas, da legislação específica, do tráfico, do uso indevido e da dependência da droga, bem como da atividade policial preventiva e repressiva.

Conteúdo Programático

O curso realizou palestras sobre as políticas criminais que tratam do combate às drogas, as técnicas aplicadas no combate e na repressão ao crime de narcotráfico e, ainda, infiltração e campana. Entre outros conteúdos foram revistos as Políticas de Combate as Drogas, em relação a Drogas produzidas em laboratórios, Cotidiano da Repressão; Tráfico de Drogas por Organização Criminosa; Especialização de Tarefas e Diversificação de Atividades.

Durante o curso foi repassada práticas de alguns exames periciais e vestígios de droga em local de crime; exames laboratoriais para diversos tipos de entorpecentes e exames de droga em material humano.




A diretora da AISP, Katherine Chaves, informou que o curso foi ministrado pelo delegado Cláudio Mendes, que esteve à frente do Departamento de Narcóticos (Denarc), voltado para a Polícia Civil. “O resultado foi satisfatório porque houve uma troca de experiência e conhecimentos. Os participantes do curso que foram certificados serão multiplicadores e referência na área. A AISP levará o curso para os municípios, no sentido de qualificar as regionais, tanto no curso de Investigação de Narcóticos, como o de Crimes contra a Vida. A nossa meta é qualificar, certificar e atualizar os profissionais da área da Segurança Pública”, ressaltou a delegada Katherine.

Nenhum comentário

Leave a Reply