Escolher Menu

Últimas Notícias

CONCURSOS

POLÍTICA

POLICIAL

GERAL

TRÂNSITO

» » » Valéria Macedo cria Projeto de Lei para conscientizar doação de órgãos no Maranhão


PINHEIROFOTO 19:47




De acordo com o Projeto de Lei n° 187/2015, de autoria da deputada estadual Valéria Macedo (PDT), fica instituído no Calendário Oficial do Estado do Maranhão o mês de setembro como “Setembro Verde” de conscientização da importância da captação e distribuição de órgãos e tecidos humanos.

Durante o mês de setembro, os prédios públicos serão iluminados com a cor verde, com o objetivo de chamar a atenção da população maranhense para a importância da conscientização e sensibilização da sociedade sobre a doação.

Conforme o Projeto de Lei, serão realizadas amplas campanhas publicitárias em diversos tipos de mídias, para a divulgação do mês de “Setembro Verde” acerca da importância do assunto.

Segundo o Projeto de Lei, hoje, existe uma lista de espera de córneas com mais de 700 pacientes ativos e de rim com cerca de 140 pacientes ativos. Existe, ainda, um grande número de pacientes que conseguem tratamento fora do domicílio para outros transplantes, como de fígado, coração e medula óssea. Em relação a este último, o Maranhão já cadastrou 7.602 doadores no Registro Brasileiro de Doadores de Medula Óssea (REDOME) desde de 2007.

“Apesar de tantos esforços, o número de transplantes realizados no Maranhão ainda é muito pequeno, se comparado com outras unidades da federação, e isto se dá principalmente à grande desinformação e mitos correlacionados ao processo de doação gerando um medo que acaba por dificultar o processo e, enquanto isso, a fila de espera só tende a aumentar”, disse Valéria Macedo.

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

O requerimento n°422/2015, também de autoria da deputada Valéria Macedo, determina que Assembleia Legislativa do Maranhão fique verde em setembro. O objetivo do requerimento é chamar a atenção de servidores e da população em geral para a importância da conscientização sobre a captação e doação de órgãos e tecidos humanos, visando salvar ou melhorar a qualidade de vida de muitos pacientes crônicos do Maranhão, a exemplo do “Outubro Rosa” ou “Novembro Azul”.

Segundo a deputada Valéria Macedo é necessária uma mudança cultural. “Para haver um aumento no número das doações é fundamental que se massifique as ações de conscientização, mostrando à sociedade que por meio da doação podemos salvar vidas e este é o sentido da campanha”, afirmou a parlamentar

Nenhum comentário

Leave a Reply