Escolher Menu

Últimas Notícias

CONCURSOS

POLÍTICA

POLICIAL

GERAL

TRÂNSITO

» » » Programa Escola Digna avança com edital de licitação para obras em mais 11 povoados


PINHEIROFOTO 08:40
Escola de Taipa em Marajá do Sena que será substituída por estrutura de alvenaria


O Governo do Estado realizou, na quinta-feira (15), no município Marajá do Sena, evento que marcou o início da construção das 12 primeiras escolas do Programa ‘Escola Digna’. O programa tem como meta a substituição de escolas de palha, taipa e barracões por estruturas de alvenaria e integra as ações estratégicas do Plano de Ações Mais IDH, nos 30 municípios maranhenses com piores Índices de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM).


Ainda na quinta-feira, o Governo do Estado, por intermédio da Comissão Central Permanente de Licitação (CCL), juntamente com a Seduc lançou o edital de licitação para a construção de escolas em 11 povoados maranhenses, contemplados pelo ‘Escola Digna’.

Escola de Taipa em Marajá do Sena que será substituída por estrutura de alvenaria

O processo licitatório se dará na modalidade Regime Diferenciado de Contratações (RDC) que, geralmente, é direcionada às obras na área da educação, saúde, segurança pública e caracteriza-se por ampliar a eficiência nas contratações públicas e a competitividade entre os licitantes.

As escolas serão construídas nos povoados de Centro dos Colins, Centro Velho, São Gregório, Juçaral e Mata Velha, todos no município de Conceição de Lago Açu; e os povoados de Alegre, Lagoa, Quadra dez de Agosto, Sobradinho, Chico Reis I e Divinéia, pertencentes à cidade de Pedro do Rosário.

“Foi nos dada a missão pelo governador de mudar a realidade do sistema estadual de ensino, em todos os aspectos: infraestrutura, currículo e, principalmente, na qualidade do atendimento a todos que estão dentro da comunidade escolar. A escola digna oferece qualidade em sua estrutura, com uma biblioteca, refeitório, área de lazer, e, o mais importante, professor motivado e comprometido com a educação de nossas crianças”, ressaltou a secretária de Educação, Áurea Prazeres.

Nenhum comentário

Leave a Reply