Escolher Menu

Últimas Notícias

CONCURSOS

POLÍTICA

POLICIAL

GERAL

TRÂNSITO

» » » Câmara aprova doação de área para construção de escola no Parque Alvorada‏


PINHEIROFOTO 07:33


A escola de Ensino Médio terá 10 salas de aulas para atender a demanda daquela região

A Câmara Municipal de Vereadores aprovou, nessa terça-feira (24), o projeto de lei do Município que dispõe sobre a doação de uma área para construção de uma escola de Ensino Médio, no Parque Alvorada II. A unidade escolar será construída em um terreno de oito mil metros e terá 10 salas de aulas, no padrão do Ministério da Educação, para atender a demanda daquela localidade. 


Em discurso, o vereador professor Carlos Hermes do PCdoB comemorou essa conquista e reconheceu o empenho do deputado Marco Aurélio, que viabilizou recursos junto ao governo do estado para a construção da unidade escolar, a qual beneficiará estudantes daqueles bairros. “O Ensino Médio naquela região é um sonho dos alunos que, atualmente, precisam descolar-se para escolas mais próximas do Centro para estudar. Quero exaltar aqui o trabalho do deputado Marco Aurélio, que não mediu esforços para dialogar junto ao governo e conseguir esse recurso”.

Juntamente com a comunidade da Vilinha, Parque Alvorada I e Parque Alvorada II, o vereador Carlos Hermes luta pela implantação do Ensino Médio naquela região desde o início do mandato. “Essa luta é desde 2010 e de lá para cá nós fizemos várias mobilizações com os moradores, inclusive, um abaixo-assinado solicitando essa implantação, porém, não havíamos tido uma reposta. Mas, agora tivemos essa conquista, porque temos representantes que priorizam o povo, a exemplo do Marco Aurélio e do governador Flávio Dino”.



Atualmente, em Imperatriz, são 18 escolas de Ensino Médio, mas, infelizmente, nenhuma delas no Parque Alvorada ou na Vilinha, assim sendo, os estudantes precisam estudar longe de casa. “Eu sei as dificuldades que os jovens daquela região enfrentam para chegar à escola; falo isso com autoridade de quem foi professor de lá. Eles enfrentamos dificuldades de um dia cansativo de trabalho, a travessia da BR-010 e, até mesmo, a falta de transporte público, mas, isso vai mudar com a educação mais próxima”, enfatizou Carlos Hermes.

Nenhum comentário

Leave a Reply