Escolher Menu

Últimas Notícias

CONCURSOS

POLÍTICA

POLICIAL

GERAL

TRÂNSITO

» » » Deputado Wellington denuncia irresponsabilidade da Prefeitura de São Luís com a proteção aos animais e a saúde pública


PINHEIROFOTO 15:18



Na manhã desta terça-feira (03), o vice-presidente da Comissão de Defesa dos Direitos Humanos e das Minorias da Assembleia Legislativa, deputado Wellington do Curso (PPS), utilizou a tribuna para denunciar a irresponsabilidade e o descaso da Prefeitura de São Luís com a proteção aos animais e a saúde pública. Dessa vez, a denúncia faz referência à atual situação da Unidade de Vigilância em Zoonoses (UVZ), que está desativada, implicando em inúmeros animais abandonados, significando um perigo à saúde pública.




Ao se pronunciar, o deputado Wellington destacou a irresponsabilidade com a qual os animais tem sido tratados, evidenciando o completo abandono da Unidade de Vigilância em Zoonoses, ressaltando o descumprimento de direitos elementares, como a saúde.




“O antigo Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), atual Unidade de Vigilância em Zoonoses (UVZ), foi interditado e até hoje não possui sede. Atualmente, os animais, em nossa cidade, sofrem com abandono. O Centro de Zoonoses da capital está funcionando provisoriamente em uma parte do prédio do Centro de Saúde Carlos Macieira, no bairro do Sacavém, mas no local, só funciona a parte administrativa. Como se isso não fosse o suficiente, no local percebemos ainda o abandono para com veículos que deveriam ser utilizados para atuar em defesa dos Animais. Ao invés disso, estão parados e abandonados. Enquanto isso, a Prefeitura, de forma irresponsável, tem acabado com vidas. Recentemente, tivemos mais um caso de vítima de Calazar, quando um servidor da Secretaria Estadual de Saúde morreu vítima da doença; este ano, 44 casos já foram notificados na capital. No ano passado, ocorreu apenas um óbito na capital maranhense; evidenciando o caótico cenário atual, já que somente entre janeiro e agosto a capital totaliza 10 óbitos. Temos, sim, que olhar com mais respeito para estes seres que não falam, mas têm direitos e compartilham conosco este planeta. Por isso, trago à esta Casa, mais uma vez, a denúncia quanto à desativação da UVZ e ressalto que a problemática não faz referência apenas à fauna, mas tivemos aquilo que é direito de todo cidadão: a saúde!”, afirmou o deputado Wellington.




A prefeitura de São Luís precisa priorizar com urgência a instalação da Unidade de Vigilância em Zoonoses (UVZ). Enquanto isso, os animais permanecem abandonados e a sociedade continua vulnerável, expondo em risco aquilo que o ser humano possui de mais importante: a vida.Deputado Wellington denuncia irresponsabilidade da Prefeitura de São Luís com a proteção aos animais e a saúde pública 




Na manhã desta terça-feira (03), o vice-presidente da Comissão de Defesa dos Direitos Humanos e das Minorias da Assembleia Legislativa, deputado Wellington do Curso (PPS), utilizou a tribuna para denunciar a irresponsabilidade e o descaso da Prefeitura de São Luís com a proteção aos animais e a saúde pública. Dessa vez, a denúncia faz referência à atual situação da Unidade de Vigilância em Zoonoses (UVZ), que está desativada, implicando em inúmeros animais abandonados, significando um perigo à saúde pública.




Ao se pronunciar, o deputado Wellington destacou a irresponsabilidade com a qual os animais tem sido tratados, evidenciando o completo abandono da Unidade de Vigilância em Zoonoses, ressaltando o descumprimento de direitos elementares, como a saúde.




“O antigo Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), atual Unidade de Vigilância em Zoonoses (UVZ), foi interditado e até hoje não possui sede. Atualmente, os animais, em nossa cidade, sofrem com abandono. O Centro de Zoonoses da capital está funcionando provisoriamente em uma parte do prédio do Centro de Saúde Carlos Macieira, no bairro do Sacavém, mas no local, só funciona a parte administrativa. Como se isso não fosse o suficiente, no local percebemos ainda o abandono para com veículos que deveriam ser utilizados para atuar em defesa dos Animais. Ao invés disso, estão parados e abandonados. Enquanto isso, a Prefeitura, de forma irresponsável, tem acabado com vidas. Recentemente, tivemos mais um caso de vítima de Calazar, quando um servidor da Secretaria Estadual de Saúde morreu vítima da doença; este ano, 44 casos já foram notificados na capital. No ano passado, ocorreu apenas um óbito na capital maranhense; evidenciando o caótico cenário atual, já que somente entre janeiro e agosto a capital totaliza 10 óbitos. Temos, sim, que olhar com mais respeito para estes seres que não falam, mas têm direitos e compartilham conosco este planeta. Por isso, trago à esta Casa, mais uma vez, a denúncia quanto à desativação da UVZ e ressalto que a problemática não faz referência apenas à fauna, mas tivemos aquilo que é direito de todo cidadão: a saúde!”, afirmou o deputado Wellington.




A prefeitura de São Luís precisa priorizar com urgência a instalação da Unidade de Vigilância em Zoonoses (UVZ). Enquanto isso, os animais permanecem abandonados e a sociedade continua vulnerável, expondo a risco aquilo que o ser humano possui de mais importante: a vida.

Nenhum comentário

Leave a Reply