Escolher Menu

Últimas Notícias

CONCURSOS

POLÍTICA

POLICIAL

GERAL

TRÂNSITO

» » » TRE-MA descentraliza recadastramento biométrico e atende em Coquelândia


PINHEIROFOTO 07:29



Imperatriz – O município de Imperatriz, segundo maior colégio eleitoral do Maranhão, com 165,385 eleitores, foi escolhido este ano para fazer parte do projeto de implantação da biometria realizado pelo Tribuna Regional Eleitoral (TRE-MA).


A previsão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) é cadastrar 1 milhão e 600 mil eleitores a mais com dados biométricos para o pleito do próximo ano no Maranhão. Em Imperatriz, funcionam quatro postos de atendimento de recadastramento biométrico: Fórum Eleitoral (Parque das Mangueiras); Unidade do Viva Cidadão (Rua Godofredo Viana – Centro); Imperial Shopping (Jardim São Luís) e na Unidade Regional de Educação, no Centro.
Visando descentralizar o atendimento aos eleitores dos bairros e zona rural, o vereador Francisco Rodrigues da Costa (PSC), o Chiquim da Diferro, solicitou ao juiz Adolfo Pires da Fonseca Neto, diretor do Fórum Eleitoral de Imperatriz, em setembro desse ano, providências no sentido de disponibilizar equipes de recadastramento biométrico para atender aos eleitores dos bairros e povoados de Imperatriz.

Segundo ele, o objetivo do atendimento descentralizado é facilitar o acesso da população carente, principalmente dos eleitores dos povoados que ficam às margens da “Estrada do Arroz” e do grande Lagoa Verde, situado às margens da BR-010. “Temos muitas famílias carentes nesses localidades que não dispõem de condições financeiras para se deslocar a um posto de atendimento para realizar esse recadastramento biométrico”, justificou.
Para ser atendido, o eleitor deve comparecer portando cópia e original de documento de identidade com foto e de comprovante de residência (pode ser uma conta de água, telefone, luz ou correspondência oficial). Já os homens nascidos até 31/12/1995 que deverão tirar pela primeira vez o título são obrigados a apresentar, ainda, cópia e original do comprovante de quitação militar.

E se for eleitor de outro município, mas quiser transferir o título para Imperatriz deve comprovar que reside na cidade há mais de três meses. “Dezenas de eleitores já foram atendidos na unidade descentralizada instalada no povoado Coquelândia, pois as pessoas que residem às margens da ‘Estrada do Arroz’ estão se deslocando para fazer o recadastramento biométrico”, comemora.

Em Coquelândia, o recadastramento biométrico estará sendo realizado durante toda essa semana nas dependências da Casa Familiar Rural (CFR).


SEGURANÇA – O sistema biométrico apresenta como principal vantagem a segurança, pois com a identificação biométrica não haverá a possibilidade de um eleitor votar no lugar de outro, tornando assim ainda mais seguro o sistema de votação eletrônico. A meta é inibir de vez por todas qualquer tipo de fraude.

Nenhum comentário

Leave a Reply