Escolher Menu

Últimas Notícias

CONCURSOS

POLÍTICA

POLICIAL

GERAL

TRÂNSITO

» » » Vereador Adonilson ajuda a viabilizar terreno para o Movimento das Quebradeiras de Coco


PINHEIROFOTO 06:44



O  Vereador Professor Adonilson(PCdoB)  ajudou  a intermediar   uma reunião entre o Movimento das Quebradeiras de Coco Babaçu(MIQCB) e o Secretário de Regularização Fundiária do município, Daniel Sousa. Na pauta, a doação de um terreno para a construção da sede da entidade que representa as trabalhadoras do extrativismo nos municípios da Região Tocantina.

Adonilson foi o autor da indicação, aprovada por unanimidade pelos vereadores e subscrita por boa parte dos parlamentares, da Indicação que solicitou ao prefeito Sebastião Madeira a doação de um terreno  que comporte as atividades do Movimento das Quebradeiras de Coco.

Os discursos e relatos na Casa de Leis reforçaram o pedido do vereador Adonilson em favor das mulheres que trabalham na extração do coco Babaçu, retiram o sustento da natureza numa relação de respeito e profunda harmonia com o Meio Ambiente. “O nosso gabinete está aberto ao movimento das quebradeiras de coco,  assim como as entidades que representam o trabalho digno e as demandas que tenham como propósito a melhoria da qualidade de vida do nosso povo”,  reiterou o vereador acrescentando que a expectativa é de que ainda este ano  o executivo envie para a Câmara o projeto de lei fazendo a doação do terreno as quebradeiras de coco.

O Secretário de Regularização Fundiária confirmou que  estará buscando a área necessária para atender as demandas do Movimento das Quebradeiras de Coco na Região.  “Nós empreenderemos os esforços para localizar o terreno e contribuir para o trabalho representativo da entidade  que defende os direitos das mulheres no campo”, disse o Secretário.

Eunice da Conceição Costa, Representante da Regional do MIQCB de Imperatriz  se declarou satisfeita com a reunião e espera que os trâmites sejam agilizados para a doação do terreno. “Agradecemos a atenção da prefeitura  e o apoio do vereador Adonilson nesta demanda do terreno e na luta por mais dignidade para  as quebradeiras de coco babaçu”, frisou
 “É isso que um mandato tem que fazer, apoiar as discussões que contribuam para a melhor qualidade de vida das pessoas, e nada mais justo que reconhecer a legítima luta das mulheres guerreiras, lutadoras no campo”, defendeu Adonilson.



O Movimento Interestadual de Mulheres Quebradeiras de Coco (MIQCB) atua em quatro estados: Maranhão, Pará, Tocantins e Piauí. Divididas em regionais, as mulheres tentam a expansão suficiente para dar vez e voz às demandas de fundamental interesse para a sobrevivência no campo. (Mozart Magalhães / Assessoria)

Nenhum comentário

Leave a Reply