Escolher Menu

Últimas Notícias

CONCURSOS

POLÍTICA

POLICIAL

GERAL

TRÂNSITO

» » » Delegados e policiais discutem Inteligência Estratégica na área de Segurança


PINHEIROFOTO 06:42
Ex-chefe da ABIN, Raimundo Teixeira de Araújo profere palestra para delegados e policiais em São Luís. Foto: Nilson Figueiredo/SSP



O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP) promoveu, na terça-feira (22), em São Luís, a palestra ‘Inteligência Estratégica’ para investigadores, peritos e delegados do setor de Inteligência na Área da Segurança Pública. O objetivo foi discutir a Inteligência Estratégica, usando exemplos e repassando conhecimentos atualizados e aperfeiçoados sobre o tema.

A palestra foi ministrada pelo professor e ex-chefe da Agência Brasileira de Inteligência (ABIN), Raimundo Teixeira de Araújo. Na oportunidade foram utilizados exemplos de operações nas quais foram necessárias ações coordenadas pelo Serviço de Inteligência, o que determinou o sucesso da operação.

Entre as autoridades presentes, o delegado Geral da SSP, Augusto Barros; os superintendentes de Combate a Corrupção, Lawrence Melo Pereira e o de Polícia Civil do Interior (SPCI), Dicival Gonçalves.

Inteligência Estratégica
O palestrante trabalha, há 35 anos, no serviço de inteligência. Professor da Escola Superior do Rio de Janeiro, ele é responsável pela formação de profissionais da Escola de Inteligência da Presidência da República.

Na palestra, Raimundo Teixeira usou uma metodologia demonstrando exemplos de ações operacionais nas quais aconteceram a negociação e a interferência de grupos de inteligências para neutralizar situações emergenciais.

Foi ressaltada a importância de investir no serviço de inteligência para que possa haver a coleta de informação e produção de conhecimento, de forma que as operações possam acontecer com o devido interesse estratégico. “Os policiais devem ter um senso investigativo nas suas atividades diárias de combate ao crime, mas sempre dentro das normas de doutrinas que prescrevem essa atividade”.

De acordo com o professor Raimundo Teixeira, o profissional da inteligência, para exercer com habilidade a sua profissão, precisa manter uma inteligência estratégica.

O aprendizado nessa área, segundo ele, é mais do que conhecimentos técnicos. Deve contemplar um conjunto de valores, atitudes e padrões de comportamento, entre os quais lealdade à nação, profundo sentimento de servir a causa pública e a consciência de que o exercício da atividade é impessoal e apartidário. Destacou, também, que o policial deve ter fidelidade à instituição a qual pertence e consciência de que os fins prevalecem sobre os interesses pessoais.

Durante a palestra foram citados exemplos que demonstraram a excelência do sucesso da ação por causa do serviço de inteligência e, também, no fracasso de ações mal sucedidas e citou exemplos de uso da inteligência estratégia em episódios históricos. Após o final da palestra, o ex-chefe da ABIN autografou e distribuiu livros de sua autoria, com o tema “Inteligência Estratégica”.

Nenhum comentário

Leave a Reply