Escolher Menu

Últimas Notícias

CONCURSOS

POLÍTICA

POLICIAL

GERAL

TRÂNSITO

» » » Indicação do deputado Léo Cunha pede construção de mercado municipal em Cururupu


PINHEIROFOTO 20:22


O deputado estadual Léo Cunha (PSC) protocolou projeto de indicação na mesa diretora da Assembleia Legislativa, solicitando ao governador Flávio Dino (PC do B) e ao secretário de Estado de Agricultura e Pecuária, Márcio José, a construção de um mercado municipal no Bairro de Fátima (Rua do Piche) na cidade de Cururupu.

A indicação protocolada dia 24 de novembro e publicada dia 3 de dezembro no Diário da Assembleia, detalha que a construção do mercado disponibilizará uma forma bem organizada de comércio aos consumidores, com a participação de comerciantes, ampliando suas atividades, expandindo seus negócios e transformando o mercado em um núcleo apropriado não só para o comércio de produtos alimentícios, mas também de artesanato e comida típica.

“O projeto também gerará empregos e renda para os munícipes, priorizando, também, os aspectos como acessibilidade, ventilação e o escoamento das mercadorias de forma que não dificulte as vendas e garanta a saúde, o conforto e a higiene para os feirantes e consumidores daquela cidade”, destacou Léo Cunha.

O líder político em Cururupu, Daniel Louzeiro, explica que no local onde o mercado deverá ser construído, funciona uma feira livre há cerca de dez anos. No lugar, são vendidos peixes e carnes nas calçadas das residências ao longo da Avenida São José. “Os boxes são improvisados de forma ilegal e com muita falta de higiene, os alimentos ficam expostos ao ar livre sem nenhum tipo de conservação. A construção do mercado irá facilitar a vida de todos, será um grande ganho para nossa cidade”, ressaltou Daniel.

Léo Cunha explica que a feira é bastante movimentada, e por conta da demanda, a construção do novo mercado merece atenção especial do Governo. “O movimento é bem maior do que a própria feira municipal, que fica no centro da cidade. A feira ao ar livre abastece cerca de 70% da população, e ela tem sofrido com o consumo de alimentos inadequados, da mesma maneira, os feirantes sofrem por ser o único lugar de onde tiram o seu sustento do dia a dia. A construção do mercado irá sanar as necessidades de todos e esperamos que o Governo atenda o anseio dessas pessoas, tanto as que vendem quanto as que consomem os alimentos”, concluiu o parlamentar.

Nenhum comentário

Leave a Reply