Escolher Menu

Últimas Notícias

CONCURSOS

POLÍTICA

POLICIAL

GERAL

TRÂNSITO

» » » Polícia apresenta quadrilha que tinha ramificações no Maranhão, Pará e Tocantins


PINHEIROFOTO 09:32



A Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC), apresentou, na manhã desta segunda-feira (30), durante entrevista, uma quadrilha presa em decorrência da operação “Transbordo”, realizada nos municípios de Imperatriz, Buriticupu, Porto Franco e Açailândia, na última sexta-feira (27).


Foram apresentados na coletiva concedida à imprensa, Agrinaldo da Silva Batista conhecido como “Maranhão”, Ronaldy dos Santos Silva, Gessui Raulino de Queiroz Junior, Maílson Cavalcante Sousa, Marcony Cardoso Silva, Erick Danilo da Silva Lima e Marcos Aurélio Sousa Lopes Junior.


O superintendente Tiago Bardal informou que os sete presos apresentados na sede da Seic, no Bairro de Fatima, fazem parte de uma quadrilha de onze integrantes com ramificações nos estados do Maranhão, Tocantins e Pará. A quadrilha estava sendo investigada há quatro meses, após denúncias que apontaram o envolvimento do grupo em roubos de diversos tipos de cargas. Em decorrência disso, o bando respondia pelo alcunha ‘Clinico geral’.


Segundo o coordenador da operação, delegado Lúcio Rogerio Reis, titular do Departamento de Combate ao Roubo de Cargas (DCRC), a quadrilha é suspeita de praticar diversos assaltos na região tocantina. As investigações que culminaram na prisão do bando iniciaram pelo roubo de uma carga de sal mineral – usado para alimentar gado.


O crime ocorreu em 16 de setembro deste ano, na cidade de Cidelândia. Na época, os elementos usurparam 25 toneladas de sal da marca Embrassal.


Ainda segundo Lucio Reis, foi montada uma operação que contou com apoio da Secretaria de Inteligência e Delegacia Regional de Imperatriz, dos Departamentos de Combate ao Roubo de Cargas (DCRC) e Departamento de Combate a Crimes Contra Instituições Financeiras (Decrif), ligado à Seic.


Na ação policial, foi dado cumprimento aos mandados de prisão preventiva nas cidades de Açailândia, Buriticupu, Imperatriz e Porto Franco. Além dos presos apresentados hoje, também foram presos Luan Silva Gomes, conhecido como “Maguinho”, Maike Medeiros de Carvalho, o “Baiano”; Eduardo Pereira Vales e Alan Kardec Guedes dos Santos.

Durante a operação, foram apreendidos pelos agentes quatro automóveis, sendo uma motocicleta; um carro modelo Agile de cor verde, um Corsa Sedan prata e outro de cor branca. Já na casa do Agrinaldo da Silva foi encontrado um revólver calibre 38 municiado.

Após a apresentação, os presos foram encaminhados para o Centro de Triagem de Pedrinhas.

Nenhum comentário

Leave a Reply