Escolher Menu

Últimas Notícias

CONCURSOS

POLÍTICA

POLICIAL

GERAL

TRÂNSITO

» » » Turistas do Pará tem veículos arrombados e todos pertences furtados no estacionamento do Freitas Parque


PINHEIROFOTO 08:09


Vários turistas das cidades de Marabá e Tucuruí, tiveram seus veículos arrombados e todos os seus pertences furtados do estacionamento do Freitas Parque na tarde de sábado, foram três famílias que compraram pacotes pelo valor de R$ 380,00 para passar o final de semana no Parque Freitas, no final da tarde quando foram ate os dois veículos, encontram os vidros quebrados, foram levados todas as roupas, celulares, bolsas com todos os documentos e cartões de créditos.



As vitimas disseram que se dirigiram ate o escritório do Complexos Turísticos e foram maus atendidos pela direção, disseram apenas que não era de responsabilidade deles o corrido, uma das vitimas antes de cancelar o cartão de créditos, descobriu que os arrombadores já tinham feito compras no valor de R$ 1.800,00, as vitimas foram ate o Plantão Central onde registram ocorrências, eles ficaram somente com a roupa do corpo, inclusive crianças de colo.    
                 


2 comentários Turistas do Pará tem veículos arrombados e todos pertences furtados no estacionamento do Freitas Parque

  1. A Súmula 130 do STJ veio para acabar com qualquer dúvida, já que determinou que “a empresa responde, perante o cliente, pela reparação de dano ou furto de veículo ocorrido em seu estacionamento”.
    Ou seja, de nada adianta os avisos dados aos clientes de que não se responsabilizarão pelos danos causados aos veículos, sendo entendimento recorrente dos tribunais que, por se tratar de relação de consumo, incumbe ao fornecedor do serviço o dever de proteger a pessoa e seus bens. A responsabilidade nesses casos será objetiva, conforme art. 14 do Código de Defesa do Consumidor, ou seja, sem necessidade de comprovação de culpa na ocorrência do dano ao consumidor.
    Também vale destacar que os tribunais vêm seguindo o posicionamento de que o fato de o estacionamento ser gratuito não exime a responsabilidade dos fornecedores, pois muitas vezes o estacionamento funciona como atrativo, devendo oferecer confiança e segurança aos clientes.
    Como o consumidor poderá comprovar o dano a fim de requerer indenização?
    Poderá comprovar por meio do boletim de ocorrência, notas fiscais de compra e também testemunhas. Segundo o STJ, “a conjugação desses elementos, quando em harmonia com as datas e horários, são provas mais do que suficientes para embasar pedido de indenização."

    ResponderExcluir
  2. E aqui parece que já tem empresas já pronta pra atender esse tipo de cliente com cartão roubado

    ResponderExcluir