Escolher Menu

Últimas Notícias

CONCURSOS

POLÍTICA

POLICIAL

GERAL

TRÂNSITO

» » » Reconhecimento de Mestres culturais é tema de audiência pública


PINHEIROFOTO 19:18


Na manhã desta quinta-feira (14), uma audiência pública, convocada pelo vereador Professor Adonilson (PCdoB), tratou do Projeto de Lei que visa reconhecer os mestres e mestras da cultura popular da cidade. Estiveram presentes representantes do Ministério da Cultura, Conselho Estadual de Cultura, Secretaria Estadual de Igualdade Racial, Casa das Artes, Fundação Cultural e da Trupe de Habilidades Circenses (THC).

Os pronunciamentos se iniciaram com a representante da Casa das Artes, a poetiza e produtora Lília Diniz, declamando versos de um poema. Logo após, Diniz explicou como se dá o Projeto de Lei e seu valor para os agentes culturais.

“São homens e mulheres que durante anos dedicaram suas horas, sua criatividade para a sociedade. Devemos rebater essa frase de que a nossa cidade não tem memória; precisamos reafirmar, com políticas públicas, a preservação da identidade cultural da nossa cidade” disse Diniz.


O vereador Professor Adonilson (PCdoB) detalhou que em seu mandato popular a valorização da cultura é uma das atividades de maior destaque.

“Temos uma responsabilidade histórica do nosso mandato que se torna um instrumento dos anseios coletivos e hoje estamos encarnados em todos que fazem a cultura de Imperatriz. Onde se faça e pense cultura, nosso mandato estará lá”, pronunciou Professor Adonilson (PcdoB).

“Tesouros Vivo”

O Projeto de Lei “Tesouros Vivos” tem como objetivo reconhecer os mestres e mestras da cultura popular de Imperatriz e oferecer um suporte financeiro, no valor de um salário mínimo, para que esses artistas tenham subsídios para promover ações culturais na cidade e região.

A meta do Projeto de Lei é dar cinco títulos ao ano. Uma comissão será formada, com representantes da cultura local, que analisarão os nomes que deverão ser reconhecidos. Todo o financiamento será retirado do Fundo Municipal de Cultura.

O projeto, agora, segue para as comissões competentes da Câmara Municipal para apreciação e logo após votação em plenário.


Nenhum comentário

Leave a Reply