Escolher Menu

Últimas Notícias

CONCURSOS

POLÍTICA

POLICIAL

GERAL

TRÂNSITO

» » » Roberto Rocha cobra prazo para conclusão da BR-135


PINHEIROFOTO 10:48



O senador Roberto Rocha (PSB) cobrou do diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), Valter Casimiro Silveira, um prazo para finalização da obra de duplicação da BR-135 e a melhoria do asfalto. O senador explicou que foi informado pela Presidência da República, no início da semana, que as obras de recuperação seriam iniciadas, mas quis saber do diretor do DNIT quando tudo estará concluído. As perguntas foram feitas na manhã desta quarta-feira (30), durante audiência pública na Comissão de Infraestrutura do Senado, da qual o senador é membro.


Roberto Rocha lembrou que em 29 de abril do ano passado fez o mesmo questionamento ao ministro dos Transportes, Antônio Carlos Rodrigues, e ouviu a promessa de que a obra seria reiniciada em maio e finalizada até este ano. No entanto, ainda faltam 30% da duplicação e a rodovia se encontra em péssimo estado.


O senador disse ao diretor-geral do DNIT, que o excesso de buracos faz com que se leve cerca de duas horas para percorrer um trecho que normalmente é de 20 minutos. E as consequências estão se tornando mais graves, disse o senador, referindo-se à tragédia que vitimou a bailarina Ana Lúcia Duarte Silva, assassinada durante um assalto quando reduziu a velocidade do veículo que dirigia por conta de um buraco. “Estou revoltado”, afirmou Roberto Rocha, que aproveitou o momento para se solidarizar com a família de Ana Lúcia.


Valter Casimiro afirmou que os 30% que faltam da duplicação serão concluídos até abril de 2016. Segundo ele, o DNIT teve problemas em 2015 para honrar seus compromissos e em seguida a empresa deixou de prestar os serviços, o que provocou o cancelamento do contrato de manutenção. Foi feita uma nova licitação e as obras no primeiro trecho, do km 0 ao 69 já começaram, com a presença de três equipes. “Estamos tentando aumentar para oito”, disse ele.


Sobre o segundo trecho, do km 69 à Estiva, o diretor-geral do DNIT disse que na próxima semana será aberta uma proposta da licitação do novo lote, mas caso ocorra algum problema com a licitação, será decretado estado de emergência para o início imediato da recuperação desse trecho.

Nenhum comentário

Leave a Reply