Escolher Menu

Últimas Notícias

CONCURSOS

POLÍTICA

POLICIAL

GERAL

TRÂNSITO

» » » » Fornecimento de energia do Socorrinho está normalizado


PINHEIROFOTO 22:30




Devido a sobrecarga de um disjuntor houve um curto-circuito, mas o imprevisto não prejudicou os leitos de UTI e nem os setores de realização de exames


Em relação ao ocorrido na manhã de ontem no Hospital Municipal Infantil de Imperatriz (HMII) - Socorrinho, e que circulou nas redes sociais, bem como em vários grupos, vale esclarecer que não houve incêndio, mas apenas um curto-circuito com princípio de incêndio no quadro geral do medidor que fica localizado na recepção das dependências da Unidade Hospitalar. É importante destacar que não houve vítimas nem feridos, contudo, o Corpo de Bombeiros foi acionado como medida de segurança.

De acordo com informações da direção do HMII, de imediato, funcionários e acompanhantes de pacientes que se encontravam no momento do ocorrido apagaram o princípio de incêndio com os extintores do hospital. A causa do curto-circuito, segundo informou os eletricistas da Companhia Energética do Maranhão (CEMAR) está relacionada à sobrecarga do disjuntor que foi substituído de imediato pela equipe de manutenção da Prefeitura por um equipamento de potência maior.

O período de falta de energia foi de aproximadamente 6h – o que não causou sérios danos ao atendimento, pois nesse período de tempo, os pacientes mais graves foram recebidos normalmente e os casos menos graves como gripe e febre foram encaminhados para as Unidades de Pronto Atendimento (UPA's) do bairro São José e da Avenida Bernardo Sayão, conforme acordo feito previamente entre as direções das Unidades e do hospital.

Vale lembrar ainda que os leitos de UTI e setores de realização de exames, bem como os respiradores não foram atingidos com a falta de energia, pois estes setores são alimentados por um gerador que em caso de falta de energia, mantém o funcionamento dos mesmos. “A falta de energia atingiu apenas algumas áreas técnicas, onde são feitas administração simples de medicamentos, atendimentos médicos e de enfermagem - o que não causa grandes prejuízos ao atendimento nem compromete o quadro dos pacientes internados”, explica a coordenadora de Enfermagem do HMII, Thaise Marinho.

É válido ressaltar também que a coordenação do setor de manutenção e eletricidade do município esteve presente no local desde as primeiras horas do ocorrido acompanhando os trabalhos da CEMAR e fazendo os reparos na área interna do hospital que é de responsabilidade do município de Imperatriz. A energia foi completamente reestabelecida às 17h.

Nenhum comentário

Leave a Reply