Escolher Menu

Últimas Notícias

CONCURSOS

POLÍTICA

POLICIAL

GERAL

TRÂNSITO

» » » » Estudantes de Imperatriz são medalhistas na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica, edição 2016


PINHEIROFOTO 19:25




Alunos e alunas, da rede municipal de ensino de Imperatriz, de responsabilidade da Secretaria Municipal de Educação (SEMED) foram medalhistas na 19° Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA), edição 2016. Ao todo, 153 estudantes de sete escolas foram premiados.

Em carta pública, o coordenador nacional da OBA e coordenador nacional da Mostra Brasileira de Foguetes, o astrônomo Prof. Dr. João Batista Garcia Canalle, ressaltou os resultados obtidos por estudantes da rede municipal de ensino de Imperatriz: “Deixamos aqui registrados os nossos parabéns pelos excelentes resultados obtidos pelos seus alunos, professores e escolas”.

Criada em 1998, a OBA é organizada anualmente pela Sociedade Astronômica Brasileira (SAB) e pela Agência Espacial Brasileira (AEB), com recursos principalmente do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPQ, órgão vinculado ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações, MCTIC.

A olimpíada é executada por uma comissão de astrônomos profissionais pertencentes à Sociedade Astronômica Brasileira e por engenheiros da Agência Espacial Brasileira. Da OBA, edição 2016, participaram 744.107 alunos distribuídos por 7895 escolas por todo o país. Em Imperatriz, os alunos medalhistas são das escolas: João Silva, Moranguinho, Maria das Neves Marques de Sousa, Hebe Cortez, Eliza Nunes, Moreira Neto e São Félix.

Para a professora Aldineia Pereira Barbosa, do 5 ano da Escola Moranguinho, revela a satisfação de ter 70 alunos medalhistas nesta edição da olimpíada: “A OBA tem sido um incentivo aos alunos, uma conquista e uma aprendizagem. Trata-se de uma oportunidade de aprender algo novo e ser reconhecido pelo que aprendeu. Todos estão ansiosos por suas medalhas, prova de reconhecimento, esforço e dedicação”.

Nenhum comentário

Leave a Reply