Ação emergencial reduz buracos nos bairros e no centro



O serviço paliativo visa garantir o fluxo de veículos e pedestres

Com as fortes chuvas que atingiram a cidade, principalmente nas últimas três semanas, a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Sinfra) tem encontrado dificuldade na execução da operação tapa-buracos, porém iniciou as ações para amenizar a situação de alguns pontos críticos de Imperatriz.

O secretário da pasta, Francisco Pinheiro, disponibilizará nos próximos dias, homens e máquinas para desobstruir a Avenida dos Pernambucanos, na Vila Fiquene. A interdição da via é resultado de um problema de drenagem, mas será aberto um canal para o escoamento da água das chuvas.

“Vamos colocar ainda outra equipe para atuar no tapa-buracos nas principais ruas que servem o transporte coletivo, como é o caso da Avenida Prudente de Morais, no Parque Sanharol, de acesso a uma faculdade particular e aos diversos órgãos da justiça”, ressaltou ele.

Francisco Pinheiro disse também que a ação emergencial tem o objetivo de diminuir os buracos, enquanto o município conclui o processo de licitação para execução de uma grande frente de serviços na cidade.

Ele avalia que “existe asfalto com mais de 25 anos, além do grande aumento do tráfego de veículos, incluindo caminhões, caminhonetes e carros de passeio, provocando um impacto maior no pavimento e causando imperfeições”.



Além desses trabalhos, o secretário destacou que estão sendo realizados os serviços de desobstrução e limpeza dos bueiros na Avenida Liberdade, no Bairro Vila Ipiranga, e na Rua Floriano Peixoto, esquina da Praça do Curió, na Nova Imperatriz.