Escolher Menu

Últimas Notícias

CONCURSOS

POLÍTICA

POLICIAL

GERAL

TRÂNSITO

» » » » Sistema de Segurança Pública Desarticula duas quadrilhas especializadas em explosões de caixas eletrônicos no Maranhão


PINHEIROFOTO 12:37

Operação da Polícia Civil por intermédio da Superintendência Estadual de Investigações Criminais – SEIC e Delegacia Regional de Viana conseguiram prender na tarde do dia 02 de fevereiro na Cidade de Viana, parte de uma quadrilha especializada em explosão a caixas eletrônicos. Após três meses de investigações realizadas pelo Departamento de Roubo a Banco da SEIC foi possível interceptar o veículo corsa clássico, cor branca, Placa: NHQ-0475, em seu interior foi apreendido 02 (dois) rifles calibres .44, 01 pistola calibre 380, um revólver calibre 38 e uma escopeta calibre 12.

Foram presos Jeorge Ribeiro, 46 anos, natural de São Luís, e Eider dos Santos Vale, vulgo Juju, os confessaram que iriam levar o referido material para a Cidade de Cururupu, onde iriam explodir o banco daquela cidade. Os outros integrantes do bando já foram identificados, investigadores estão realizando diligências no intuito de realizar as respectivas prisões.

Os presos delataram ainda que o material estava guardado em São Luís. Jeorge possuí antecedentes criminais por roubo em 2014, explosão ao banco do Bradesco da cidade de São Vicente de Férrer. EIDER possuí antecedentes criminais por roubo e homicídio. Após análise técnico jurídica dos fatos realizada pela Autoridade Policial os conduzidos foram autuados em flagrante delito por organização criminosa e porte ilegal de arma de fogo, depois foram encaminhados ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas onde permanecerão a disposição do Poder Judiciário.

A segunda quadrilha presa tinha em 01 de fevereiro os caixas eletrônicos do Banco do Brasil da Cidade de Bom Jardim. Após diligências realizadas pelos investigadores da SEIC foi possível interceptar na madrugada do dia 03 de ferreiro na cidade de Vitória do Mearim, o veículo em que os assaltantes estavam empreendendo fuga, corsa classic, cor cinza, em seu interior foi apreendido 01 (um) rifle calibre .44, 01 pistola calibre .40 e explosivos.
Foram presos em flagrante delito, Francigleydson Costa Travassos, vulgo Oficina, Romero Santos Lima, natural de Pindaré Mirim, Alessandro Moreira Sousa, natural de São Luis, Vinícius Gabriel Coelho Silva, natural de Santa Inês, Paulo Vinício Costa Mendonça, natural de Viana.

Os conduzidos confessaram a participação na referida explosão e ainda delataram os nomes dos outros três integrantes que continuam foragidos. Os presos delataram ainda que o próximo assalto seria o banco da cidade de Igarapé do Meio. O líder da organização criminosa, Francicleydson, ele delatou ainda que o bando realizou as explosões aos bancos das cidades de São Mateus do Maranhão, Olho D’água das Cunhas, Matinha, Cajari e Santa Luzia do Paruá. 

Francicleydson possuí três mandados de prisão em aberto por roubo a banco, Alessandro possuí mandado de prisão por latrocínio praticado em Rosário. Após análise técnico jurídica dos fatos realizada pela Autoridade Policial os conduzidos foram autuados em flagrante delito por roubo qualificado, explosão, dano ao patrimônio público, organização criminosa e porte ilegal de arma de fogo, depois foram encaminhados ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas onde permanecerão a disposição do Poder Judiciário.

Ainda na sexta feira foi dado cumprimento ao Mandado de Prisão Preventiva expedido pelo Juízo da Comarca de São Mateus, em desfavor de Letícia Costa Mendonça, irmã do assaltante Paulo Vinício, ela era encarregada de guardar as armas da referida organização criminosa.


Nenhum comentário

Leave a Reply