.

.

Vereadores cobram especialistas para atender idosos



Desde o ano passado houve uma diminuição drástica no atendimento a idosos por parte de especialistas em geriatria e oftalmologia. Quem denuncia é a vereadora Maura Barroso (Pros) em pronunciamento no plenário da Câmara Municipal na sessão desta terça-feira, 21. 
"Tanto na rede na rede municipal de saúde quanto nas entidades que trabalham na proteção dos nossos idosos há carência nessas áreas e o Município precisa suprir essa demanda com contratação urgente destes especialistas", diz a vereadora. 
Ex-presidente do Conselho Municipal de Proteção ao Idoso, a  parlamentar calcula que a cidade tenha uma população em torno de 26 mil idosos. 
"Ano passado, suspenderam o atendimento oftalmolóigico. Sabemos que problemas na visão são os que mais afetam os idosos. Tínhamos cerca de 400 a 500 cirurgias de catarata por ano", informa. 
"Antes, eram 40 consultas por mês, mais ou menos. Fui informada por um especialista que mês passado foram apenas 8 consultas de oftalmológicas liberadas", complementa a vereadora Irmã Telma, também do Pros. 

"Nossos idosos têm o direito de continuar sua trajetória com qualidade de vida. O poder público deve ser cobrado para essa atenção. É um dever dos gestores públicos e um direito dos idosos, o acesso ao sistema público de saúde em todas as especialidades", finaliza Maura Barroso.