Deputado Léo Cunha cobra medidas para reverter fechamento de órgãos federais em Imperatriz



Em discurso na manhã desta quinta-feira (9), o deputado estadual Léo Cunha (PSC) destacou a agenda de trabalho realizada ontem (8), em Brasília (DF), onde esteve reunido com a bancada federal maranhense com o objetivo de encontrar soluções para reverter os fechamentos das agências bancárias do Banco do Brasil, Banco do Nordeste e da Procuradoria Geral da Fazenda de Imperatriz.

Em seu discurso, o deputado Léo Cunha ressaltou que o município está sofrendo sérios danos por conta do fechamento das agências bancárias. Deixaram de funcionar as agências do Banco do Brasil da Praça da Cultura e a do Banco do Nordeste da Avenida Bernardo Sayão. “Durante a reunião tratamos sobre as agências bancárias que estão se fechando em todo o Brasil, em especial no Maranhão, e com atenção para Imperatriz, o fechamento dessas agências está causando prejuízos para o comércio”, avisou.

O funcionamento das filiais garante o atendimento descentralizado ao público onde os moradores dos bairros mais distantes do centro são beneficiados, evitando a concentração do público num único ponto de atendimento, porém, desde o fim de suas atividades os clientes têm migrado para outras agências e alguns funcionários foram transferidos para outras unidades ou remanejados para a agência central. “Uma cidade como Imperatriz, que está em crescimento, está sofrendo este dano. Nós precisamos estar juntos lutando por Imperatriz e pelo Maranhão”, ressaltou.

Procuradoria - Sobre o fechamento da Procuradoria Geral da Fazenda na cidade, o parlamentar explicou que a ação dificultará o andamento de processos prejudicando toda a região Tocantina e Sul do Maranhão, obrigando a população a se deslocar até a capital, São Luís, em busca de atendimento.

“Quando o Brasil tenta sair de um atoleiro, os órgãos e empresas governamentais travam o país contra o desenvolvimento”, disse.

No mês passado, o deputado Léo Cunha durante viagem a Brasília havia encaminhado ao senador Roberto Rocha (PSB) um documento no sentido de mobilizar os órgãos federais responsáveis por estas demandas e também a bancada maranhense para a tomada de providências. As demandas estão sendo encaminhadas pelos parlamentares maranhenses que seguem na batalha pela reversão dos problemas.

Entre os participantes da audiência em Brasília, estavam o prefeito do município, Assis Ramos (PMDB); o vereador de Imperatriz, Fábio Hernandes (PSC); os empresários Ribinha Cunha, Hélio Rodrigues, Guilherme Maia, Atenágoras Batista e membros da Associação Comercial de Imperatriz (ACII). Todos manifestaram grande preocupação a respeito dos problemas e aguardam a tomada de providências na resolução dos casos.