.

.

Italo em depoimento a policia disse que menor pisou no acelerador quando ele dirigia S10 que matou homem que trocava pneu


Em depoimento na Delegacia de Transito nesta segunda feira, para esclarecer sobre o acidente que culminou com a moto de José Hilton, quando trocava pneus de veiculo Punto, Italo Marques Rodrigues de Carvalho, falou que o menor, filho do proprietário da S10, teria passado a perna por cima da dele e pisado no acelerador, tendo inclusive colocado a alavanca no neutro, com isso a caminhonete desenvolveu alta velocidade, e passado para pisa do ônibus e batendo na traseira, causando a morto de José Hilton.  


Ele falou que pegaram a caminhonete por volta das 15 hrs, disse que não portava sua habilitação, teria ido buscar na casa de um amigo na região do Porto da Balsa, em depoimento no sábado,o menor falou que ele tinha ido nesse local para comprar droga., falou que nunca tinha sido preso, tem registro na polícia que no final do ano passado, tinha sido preso furtando bebida e carne em um supermercado no centro da cidade. após prestar depoimento foi liberado. 

No domingo a esposa de José Hilton, foi ate a frente da 10º Delegacia Regional de Segurança, ver a caminhonete que atropelou seu marido, bastante emocionada e chorando bastante, falou que o marido era uma pessoa de bem, José Hilton atualmente estava trabalhando em um Combi, fazendo entregas da empresa Rapidão Cometa, antes trabalhou de moto taxi, ele também foi motorista de Ribamar Fiquene.