..

..

Projeto 'Aprendendo com Maria da Penha' alcança 192 pessoas em Imperatriz


A Vara Especializada em Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher da Comarca de Imperatriz fez uma avaliação das atividades realizadas no primeiro trimestre de 2017. No decorrer dessas ações, a juíza titular da vara especializada, Ana Paula Araújo, juntamente com a equipe multidisciplinar, deu continuidade às atividades do Projeto ‘Aprendendo com Maria da Penha no Cotidiano”, com foco na multiplicação das informações e orientações referentes ao tema.

Com a chegada do Mês da Mulher foram intensificadas as ações com palestras em escolas e creches, em parceria com Centro de Referência e Atendimento à Mulher de Imperatriz. Homens e mulheres que estão matriculados nos cursos de Formação de Vigilantes da cidade, assistiram às palestras do projeto.

As informações de prevenção e combate à violência doméstica alcançaram, em cinco edições, um total de 192 pessoas.

Em 2016 o projeto realizou palestras em canteiros de obra da Construção Civil, no Centro de Inclusão Social e Econômica de Imperatriz (CIESI), dentre outros locais.

De acordo com a juíza, na comarca a ação atendeu mulheres, homens e crianças, uma vez que o objetivo é esclarecer a todos sobre a Lei.

Projeto - De iniciativa da Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar, do Poder Judiciário do Maranhão, o projeto "Aprendendo com Maria da Penha no Cotidiano" tem por objetivo difundir ações de prevenção e combate à violência doméstica e familiar contra a mulher através de palestras, projeção de filmes, realização de oficinas temáticas e distribuição de material referente à Lei Maria da Penha, entre outros.



Assessoria de Comunicação

Corregedoria Geral da Justiça do Maranhão