..

..

Vila Fiquene acaba com disputa de posse de 20 anos


Cerca de 300 famílias vão legalizar suas moradias

Área de aproximadamente 75mil², na Vila Fiquene, ocupada ha mais de 20 anos por cerca de 300 famílias, foi oficialmente doada ao município, ontem, pela empresária Áurea Cândido. A assinatura do termo de doação se deu no gabinete do prefeito Assis Ramos e teve, ainda, a presença do Secretário de Regularização Fundiária, Alcemir Costa.

Passo seguinte será a regularização de todos os terrenos e entrega de títulos aos moradores. A área inclui, dentre outras, as Ruas do Sol, General Vitorino e Coronel Lisboa. “Essas famílias já estão há mais de duas décadas morando nesses terrenos, que eram do meu pai. Era uma situação de instabilidade para todos, mas agora faço a doação para que a área seja regularizada”, informou a empresária.

O prefeito Assis Ramos agradeceu, acrescentando que "poucas pessoas teriam uma iniciativa dessa grandeza. A cidade está cheia de demandas judiciais e de ameaças de despejo A proprietária nos ajudou muito”, disse.

Segundo Alcemir Costa, depois da assinatura deste termo de doação, a transferência da propriedade para o município vai ser realizada pela Serf, junto ao cartório, e logo após será feita a titulação dos imóveis. “As pessoas já detêm a posse e elas não têm o documento que legitima isso, nem tampouco a propriedade. A dona Áurea, que é a herdeira daquelas terras, atendeu a solicitação da Serf, e isso nos ajuda muito"- informou.

A Serf já deu início ao mapeamento topográfico e o memorial descritivo do bairro e vai finalizar essa etapa na próxima semana para que, em seguida, sejam realizados os mutirões na Vila Fiquene. “A gente não vai esperar que as pessoas venham até a Secretaria, nós vamos montar uma tenda para receber a documentação de todos, iniciar os processos e, por fim, entregar o tão sonhado título da casa própria para cada morador”, concluiu Alcemir.