.

.

Avenida Pedro Neiva de Santana recebe sinalização, monitoramento e iluminação Fonte: Sinfra


As obras da Avenida Pedro Neiva de Santana, em Imperatriz, seguem aceleradas. Além da iluminação, que está com cerca de 80% dos serviços concluídos, está em andamento a sinalização horizontal, vertical, semafórica e monitoramento eletrônico.

Na iluminação, o investimento de R$ 3,4 milhões do Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra), contempla os nove quilômetros da rodovia, que liga Imperatriz a João Lisboa. A parte que foi executada na gestão anterior teve que praticamente ser toda trocada porque foi instalada de forma equivocada. O material que estava aterrado, por exemplo, não era adequado para o tipo de instalação.

Os serviços incluem também a troca dos postes danificados, tubulação, instalação de novos condutores, quadros de comandos e luminárias, todas de LED, garantindo mais eficiência e economia de energia. “Um sonho antigo da população e que agora será executado, além da iluminação, os redutores de velocidade e todo o planejamento necessário para garantir segurança e comodidade aos usuários da rodovia na região”, enfatizou o secretário de Estado da Infraestrutura, Clayton Noleto.


Raimundo Reis trabalha com reciclagem e passa pela Avenida Pedro Neiva de Santana constantemente. Para ele, a iluminação é sinônimo de segurança. “Com a avenida clara, a gente tem mais segurança, no trânsito e também em relação à bandidagem. Os marginais vão pensar duas vezes antes de agir”, disse.

Em relação à sinalização, um semáforo já foi instalado próximo à escola Paulo Freire para garantir mais segurança aos alunos e servidores durante a travessia da via. Além disso, estão sendo instalados 10 controladores eletrônicos de velocidade, mais conhecidos como pardais, em cinco trechos da via. Outra novidade é a implementação da sinalização horizontal e vertical, incluindo faixas de pedestres.


Alguns dos equipamentos de monitoramento eletrônico já estão funcionando e a previsão é que o funcionamento completo, tanto do monitoramento eletrônico quanto da iluminação, ocorra até o final deste semestre. Quem precisa utilizar a via diariamente aprovou a obra. “Já vi muito acidente nesse lugar. Com a sinalização e os pardais, acho que vai diminuir porque as pessoas vão ter que controlar a velocidade”, afirmou o pedreiro Marco Antônio Silva.