Policia Civil realiza a maior incineração de entorpecentes, 4.1 toneladas avaliadas em 10 milhões de reais


Em resolutividade contra as ações de crime no Estado do Maranhão, a Polícia Civil, por meio da Superintendência Estadual de Repreensão ao Narcotráfico (SENARC) realizou o transporte de 4.1 toneladas de entorpecentes para serem incinerados. Os entorpecentes foram encaminhados até um dos fornos de uma empresa de incineração. Durante o transporte, 06 viaturas da Polícia Civil deram suporte ao processo de transporte e incineração da droga.

Os entorpecentes incinerados foram apreendidos pelo Senarc e outras delegacias entre os anos de 2016 e 2017, resultando na apreensão de cerca de 4.079 kg de drogas, entre eles, Maconha: 3.843,450,989; Crack: 213.329,956; Cocaína: 22.586,399; Substância líquida, loló e outros: 43 mil; Ecstasy: 37 comprimidos, incidindo assim, em valores de 10 milhões de prejuízo ao narcotráfico. A incineração fora em decorrência das autorizações judiciais das varas de entorpecentes da capital e comarcas do interior do Estado; para que o processo de incineração fosse realizada em um dos fornos de uma empresa de incineração.

VEJA O VÍDEO 

Apreensão de mais de 08 toneladas de entorpecentes no Estado

O Superintendente Estadual de Repreensão ao Narcotráfico (SENARC) ressaltou, que “Por conta de um trabalho realizado pela Polícia Civil do Maranhão, a Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico(SENARC) já realizou a apreensão de cerca de mais de 08 toneladas de entorpecentes no Estado; incidindo assim, em um prejuízo às quadrilhas que realizam o comércio de substâncias consideradas ilícitas.

A Incineração dos entorpecentes realizada pela Polícia Civil contou com o apoio de policiais da Senarc; do Grupo de Resposta Tática (GRT), da Seic, de representantes do Ministério Público e da Vigilância Sanitária.