Deputada Valéria Macedo quer faculdade de Medicina em Balsas


A deputada estadual Valéria Macedo (PDT) usou a tribuna nesta quinta-feira (28), para falar sobre inauguração do Hospital Geral de Balsas (HGB) e parabenizar o trabalho do governador Flávio Dino nos investimentos realizados na área da saúde do estado, com construções e entregas de unidades hospitalares e programas que atendem à necessidade da população. 

“O governador Flávio Dino tem quebrado muitos paradigmas nos seus mil dias de Governo. O hospital Regional de Balsas é mais um deles. O saudoso governador Jackson Lago tentou construir um Hospital Regional em Balsas, mas não teve tempo porque foi cassado antes de fazê-lo. Foi um fato administrativo e histórico, pois ele fez o que muitos governadores prometeram e não cumpriram. É um sonho realizado na vida dos sul-maranhenses”. 

A deputada também destacou que era um sofrimento da população que antes tinha que se deslocar para capital do estado e outros estados como Tocantins, Goiás e Distrito Federal em busca de atendimento na saúde. “Foi muito tempo que o nosso povo do sul-maranhense esperou para receber este hospital, de modo que nem podemos pensar num hospital regional se não atender a urgência e emergência em média e alta complexidade para Balsas e região sul” disse.

Faculdade de Medicina para Balsas



Na oportunidade, a deputada solicitou ao Governador Flávio Dino que envidasse todos os esforços políticos, administrativos e acadêmicos para implementar o curso de medicina no município de Balsas. A parlamentar usou exemplo de outras cidades como Caxias que tem o curso de medicina por meio da Universidade Estadual do Maranhão (Uema), implantado com o empenho pessoal do ex-Governador José Reinaldo Tavares e, mais recentemente, os Cursos de Medicina nas cidades de Imperatriz e Pinheiro no governo da ex-governadora Roseana Sarney. Neste caso a instituição de ensino é a Universidade Federal do Maranhão (Ufma) nos campi de Imperatriz e Pinheiro. “Eu mesmo fiz indicações, requerimentos, audiências, enfim, fiz tudo que uma deputada estadual vinculada fortemente a área da saúde pode fazer para viabilizar um curso de medicina para Imperatriz. E na ocasião acabou sendo levado também com justiça para Pinheiro na Baixada Maranhense.

“A minha expectativa agora é que o governador Flávio Dino acolha meu pedido oficializado em indicações na Assembleia Legislativa a ele endereçadas e a outras autoridades, e também exteriorizado no meu discurso na inauguração do HGB o ultimo dia 20/09/2017. Assim, espero que o Governador nos ajude a levar uma faculdade de Medicina para o Município de Balsas deixando sua marca naquele município e naquela região” ressaltando ainda a parlamentar que “irá buscar apoios em outras autoridades federais e estaduais do Maranhão e do Brasil para ver mais este sonho realizar-se”, conclui.

Para Valéria Macedo não há outra forma de melhorar a oferta de médicos no interior do estado se não for pela interiorização das faculdades de medicina, pois uma das maiores despesas do Sistema Único de Saúde Estadual ainda é com médicos e, além disso, o Sul do Maranhão sempre foi esquecido pelos sucessivos governos estaduais.

Para a deputada Valéria o curso de medicina pode chegar a Balsas pela UEMA e aí depende mais diretamente do governo do estado, ou, pela UFMA que também depende dos esforços políticos do Governador Flávio Dino e de outras lideranças.

Hospital Regional de Balsas


O hospital garantirá, por meio do trabalho da Secretaria de Estado da Saúde (SES), assistência a uma população estimada em 246 mil habitantes, em reforço ao atendimento de saúde prestado no Sul do Maranhão. A previsão é de que o Hospital Regional de Balsas ultrapasse a meta de 13,9 mil procedimentos mensais, de cirurgias gerais e obstétricas até os exames de apoio diagnóstico e terapia.

Com a nova unidade, os recém-nascidos contarão com os Testes da Orelhinha, Pezinho e Coraçãozinho. Por meio desses procedimentos, é possível detectar de forma precoce qualquer doença que possa prejudicar o desenvolvimento do bebê.

A unidade de saúde possui 4.000m² e 50 leitos disponíveis, com dez leitos de UTI Adulto, seis de Unidade de Cuidado Intermediário Neonatal Convencional e quatro de Unidade de Cuidado Intermediário Neonatal Canguru.

O hospital ofertará, ainda, atendimento nas especialidades de clínica médica, ginecologia, obstetrícia, cirurgia geral e pediatria, além de exames laboratoriais e diagnósticos em oftalmologia e cardiologia; e serviços de diagnóstico por imagem como ultrassonografia, mamografia, exames de radiologia, tomografia e endoscopia.

Outros municípios que também serão beneficiados São Félix de Balsas, São Pedro dos Crentes, São Raimundo das Mangabeiras, Tasso Fragoso, Alto Parnaíba, Carolina, Feira Nova do Maranhão, Formosa da Serra Negra, Fortaleza dos Nogueiras, Loreto, Nova Colinas, Riachão e Sambaíba.