Escolher Menu

CONCURSOS

Últimas Notícias

POLÍTICA

POLICIAL

GERAL

TRÂNSITO




A Escola de Ensino Médio do Parque Alvorada segue em ritmo acelerado. A cada dia, consolida-se esse grande sonho da comunidade. Sonho esse que tenho orgulho de ter participado com a destinação da emenda parlamentar e articulação junto ao Governo Flávio Dino, através da Secretaria Estadual de Educação e da Secretaria Estadual da Infraestrutura. 


Até o final deste ano será inaugurada e já terá o ano letivo de 2017 nessa escola, que terá o nome de Amaral Raposo. Estou muitíssimo feliz pelo ritmo da construção. Parabenizo o Sec. Clayton Noleto pela condução desse trabalho e a toda a comunidade do Parque Alvorada I,II e Vilinha.


Dep Prof Marco Aurélio



O prefeito Vagtonio Brandão esteve presente na tarde do último sábado (25/06), no encerramento do curso de produção de derivados do leite em Varjão dos Crentes, os produtores rurais do povoado aprenderam técnicas de pasteurização e produção de variados queijos, requeijão (cremoso e de ricota), iogurte, doce de leite, maionese de leite, ricota natural, entre outros.


O curso foi realizado pela Secretaria Municipal de Agricultura em parceria com o SENAR - Serviço Nacional de Aprendizagem Rural. 
A produtora Elaine Macedo, moradora do povoado Varjão, elogiou a qualidade do curso. “Todas as aulas foram ótimas. Resolvi participar do curso para aprofundar o aprendizado e melhorar a qualidade dos meus produtos”, explicou.


A produtora Vanessa, Também moradora da localidade, disse que fez o curso para obter uma renda extra. “Sou produtora e resolvi fazer o curso para produzir alimentos derivados de leite e, assim, conseguir uma renda extra com a venda dos produtos. Quanto mais conhecimento também é melhor”, afirmou.


Um assaltante foi baleado após participar de um assalto no Bairro Jardim Oriental, o elemento ainda sem identificação estava em companhia de outro elemento em uma moto Titan vermelha, o baleado estava na garupa, apos fazer um assalto á pessoas que estavam saindo da Igreja, foi alvejado com dois disparos de arma de fogo por uma pessoa não identificada que passava no local, o assaltante ficou agonizando enquanto outro conseguiu fugir.

O elemento baleado foi socorrido em estado grave pelo Samu ate o Socorrão Municipal, tendo levado imediato para Centro Cirúrgico, ao meio dia informações sobre estado de saúde do elemento.





O CRAM realiza trabalho de acompanhamento e prevenção à violência contra mulheres

O Centro de Referencia e Atendimento à Mulher – CRAM, é um espaço de abrigo, encaminhamento e orientação, que garante que todas as mulheres em qualquer situação de violência sejam atendidas de forma adequada, com equipe especializada. O Centro disponibiliza para as assistidas um serviço de atendimento psicológico e social no combate às diferentes formas de violência contra a mulher.

Segundo a coordenadora do Cram, Sueli Brito Barbosa, os atendimentos às mulheres em situação de violência doméstica e sexual têm permitido que os aparelhamentos do Município encaminhem os casos para a justiça. “Fazemos todo o acompanhamento, nos casos que a mulher desejar fazer a denuncia contra seu agressor na delegacia, orientamos e acompanhamos essas mulheres até o órgão competente e, se for o caso de Medida Protetiva, encaminhamo-nas para a Casa Abrigo ou outro órgão de proteção”, disse a coordenadora.

Sueli Barbosa, explica que até junho 2015, o CRAM registrou 87 casos novos de atendimentos às mulheres em situação de violência, mas que este ano a procura nos órgãos de proteção (Delegacia, Defensoria e MP) teve uma leve baixa. Assunto esse que será pautado na próxima reunião pelos componentes da Rede de Enfrentamento de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher, marcado para o próximo 7 de julho, na Vara Especial da Mulher. “Ainda não temos um diagnóstico conciso dessa queda. Muitas vezes, elas se sentem constrangidas em denunciar, por diversas razões como, intimidações, ineficácia dos serviços ou outro fator”. 

A coordenadora explica que os dados podem maquiar a realidade e que as estimativas, extraoficiais apontam para que apenas um a cada três casos apareça, pois nem todas as mulheres denunciam a violência que sofrem. Porem, o índice de desistência por parte das vítimas é tão alto quanto às denúncias formuladas. “É bastante comum algumas vítimas abandonar a denúncia mesmo antes das tomadas jurídicas, por razões que vão do medo, insegurança, filhos ou pela reconciliação com o agressor”, destaca.

As mulheres em situação de violência são encaminhadas à pasta por diversas vias, tais como: Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (DEAM); Vara Especial da Mulher; Promotoria de Justiça de Defesa da Mulher; Defensoria Pública do Estado do Maranhão (DPE/MA); Centro de Referencia de Assistência Social (CRAS); Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), entre outro órgão de proteção.

O CRAM

Formada por uma equipe multidisciplinar, que inclui: psicóloga, pedagogas e assistentes sociais, o CRAM é um órgão mantido pela Prefeitura Municipal de Imperatriz, criado especialmente para oferecer um serviço de atendimento à mulher. Atualmente, o local é referência para mulheres envolvidas em situação de violência familiar e doméstica.

O Centro de Referência e Atendimento à Mulher – CRAM, funciona na Rua Monte Castelo, 329, entre ruas Sousa Lima e Coriolano Milhomem, Centro – fone: (99) 99132-7479, para atendimento ou dúvidas. O horário de funcionamento é das 08h às 12h e 14h às 18, de segunda a sexta-feira.


Foi registrado nas primeiras horas da manhã sábado(25-06) o decimo homicídio do mês de junho, a vitima de nome Luis Henrique de Moura Cunha, foi morto com tiros de pistola 380 na Amazonas, ao lado da Pizzaria da Mama, Luis Henrique ea morado da rua Manaus, entre Fortunato Bandeira e São Paulo, segundo informações o adolescente era usuário de drogas, a menos de três meses um amigo dele foi morto no mesmo bairro. em seguida mais informações sobre caso.



O governador Flávio Dino e o secretário de Estado da Infraestrutura, Clayton Noleto, estiveram em Imperatriz na noite de quinta-feira (23) para lançar mais uma etapa do programa ‘Mais Asfalto’. Em solenidade realizada no pátio da igreja Cristo Salvador, o Governo do Estado anunciou a pavimentação das vias dos bairros Anhanguera, Buriti e Bacuri, que, além do asfaltamento, receberão terraplanagem, meio fio, sarjeta e sinalização.

A segunda etapa do ‘Mais Asfalto’ em Imperatriz terá investimentos de R$ 6 milhões em 15 km de asfalto para ajudar na melhoria das condições de infraestrutura do município. A primeira etapa investiu mais de R$ 12 milhões na drenagem e pavimentação de 23 km de vias urbanas, que aumentaram a mobilidade urbana e a qualidade de vida da população.


Em seu discurso, o governador Flávio Dino destacou que não há um único setor da vida social, política e econômica de Imperatriz e da Região Tocantina que não tenha a presença do Governo do Estado.

“Todos os eventos culturais e esportivos da cidade tem o nosso apoio. Nós estamos terminando a obra do hospital, e vamos inaugurar no mês de agosto. Que é um sonho. Estamos concluindo ajuda para abrir a UPA do São José. Estamos fazendo a escola do Parque Alvorada, reformamos três escolas, além de 23 km de asfaltamento e outras tantas ações”, ressaltou.

O governador Flávio Dino reforçou que os investimentos nos municípios da Região Tocantina continuarão acelerados e anunciou benefícios, para breve, em Davinópolis, Lajeado Novo, Sítio Novo, entre outros. “Vamos entregar uma lenda, que é a Estrada do Arroz, e, em Imperatriz, vamos construir uma Beira-Rio que seja um cartão postal à altura da cidade”, reiterou.


Para Clayton Noleto, o Governo do Estado tem trabalhado fortemente para a melhoria da mobilidade urbana da cidade de Imperatriz. “A segunda etapa do ‘Mais Asfalto’ começou lá no bairro Vila Nova, depois indo pro Santa Lúcia pela Euclides da Cunha, que foi feito recapeamento. A Avenida Itaipu, também há muito tempo esperada, será entregue já agora”, explicou.

De acordo com o secretário, nesta intervenção nos bairros Anhanguera, Buriti e Bacuri serão feitos 4 km de ruas e avenidas, que serão totalmente asfaltadas e receberão drenagem onde for necessário. “O Governo trabalha com qualidade, com seriedade e aplicando corretamente o dinheiro público. É realmente possível fazer esse trabalho hoje”, enfatizou Clayton Noleto.