Escolher Menu

CONCURSOS

Últimas Notícias

POLICIAL

GERAL

POLÍTICA

TRÂNSITO

Duas pessoas foram mortas dentro de um veiculo Fiesta Branco na Praça Davi Alves Silva, cidade de Davinopolis, o duplo homicídio aconteceu por volta das 21 horas e 40 minutos, as vitimas foram dois homens mortos á tiros, as duas vitimas foram identificadas pelos nomes de Robson e Rafael, logo mais as informações sobre o ocorrido e as fotos das vitimas.
Informações de populares no local do duplo homicídio o assassinos estava de moto, para policia o duplo homicídio teria sido acerto de constas. Robson era suspeitos de participação em assalto á Banco.  
Este é o Robson



Pesquisa do Ibope divulgada neste sábado (25), véspera do segundo turno das eleições, mostra que a presidente Dilma Rousseff (PT), que concorre à reeleição, continua à frente do senador Aécio Neves (PSDB). Já o Datafolha aponta empate técnico entre ambos, com a petista numericamente à frente, mas dentro da margem de erro.

Considerando os votos válidos, Dilma está com 53% das intenções de voto contra 47% de Aécio, de acordo com o Ibope. Já segundo o Datafolha, a petista está com 52%, e o tucano, 48%. A margem de erro é de dois pontos percentuais nas duas pesquisas.

Na pesquisa Ibope divulgada na quinta-feira (23), a petista aparecia com 54% dos votos válidos contra 43% de Aécio. O Datafolha mostrava Dilma com 53% e o tucano com 47%.
Votos totais

Levando em conta os votos totais, que incluem eleitores dispostos a votar em branco, anular e os indecisos Dilma obteve 49%, e Aécio, 43%, no Ibope divulgado hoje; 3% declararam-se indecisos e outros 5% pretendem votar em branco ou anular.

No Datafolha, a petista alcançou 47% das intenções contra 43% do tucano. Há 5% de eleitores indecisos e 5% que pretendem anular ou votar em branco.

O Ibope entrevistou 3.010 eleitores em 206 municípios entre ontem (24) e hoje (25). A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal "O Estado de S. Paulo". O número do registro é BR-01195/2014.

O Datafolha ouviu 19.956, entre ontem (24) e hoje (25), em 400 municípios. Contratada pela "Folha de S. Paulo" e pela TV Globo, a pesquisa foi registrada sob o número BR-01210/2014.

Último dia de campanha

No último dia de campanha, Dilma participou de uma carreata em Porto Alegre, ao lado do governador e candidato à reeleição, Tarso Genro (PT). Em entrevista coletiva, a candidata chamou de golpistas as manifestações a favor de um eventual impeachment caso se comprovem que ela tinha conhecimento do esquema de desvios na Petrobras.

A denúncia teria sido feita pelo doleiro Alberto Youssef a investigadores durante delação premiada. Uma petição online anuncia ter coletado mais de 650 mil assinaturas pedindo o impeachment dela.

"Eu quero aqui manifestar meu repúdio a esse tipo de processo que é um processo golpístico [sic], que não se coaduna com uma situação democrática. Eu quero dizer aqui que eu tenho uma vida inteira que demonstra o meu repúdio à corrupção. Eu não compactuo com a corrupção e quero que provem que eu compactuei com a corrupção", afirmou.

Já Aécio está em São João Del Rey (MG), cidade natal dele e do avô Tancredo Neves. Em entrevista coletiva, Aécio disse que o ataque feito à sede da editora Abril, que edita a revista "Veja", na zona oeste de São Paulo, atenta contra a democracia.

A ação ocorreu depois que a revista divulgou reportagem em que o doleiro Alberto Youssef, preso durante a operação Lava Jato, teria afirmado em depoimento prestado à à Polícia Federal e ao Ministério Público Federal que tanto Dilma quanto o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) sabiam do esquema de desvio de recursos públicos da Petrobras para abastecer caixas de campanha de partidos da base aliada.

"Os acontecimentos de ontem e hoje são um atentado contra a democracia e contra a liberdade de expressão, o que, aliás, é uma marca dos nossos adversários", disse.

Do UOL, em São Paulo
Uma mulher, identificada como Maria Eunice Gomes Pereira, 25 anos, foi presa, na madrugada deste sábado (25), com aproximadamente 5 kg de cocaína presa à barriga. Segundo a polícia, a mulher fingia estar grávida de sete meses.

A polícia recebeu uma informação de que uma mulher grávida estava vindo da cidade de Açailândia para São Luís, com atitude suspeita. Alguns passageiros estranharam o cheiro diferente e o nervosismo da jovem. A Superintendência de Polícia Civil do Interior (SPCI) foi informada do caso e acionou o delegado George Marques, que identificou a mulher em um ônibus da empresa Transbrasiliana.
A prisão foi feita no retorno do São Cristóvão, em São Luís. Durante a abordagem policial, a mulher alegou que estava grávida e já tinha até escolhido o nome do filho. Maria Eunice disse que estava vindo para São Luís fazer uma consulta. No entanto, uma policial fez a revista e identificou que, na verdade, a mulher tinha uma barriga falsa, na qual carregava 5 kg de cocaína pura.
Segundo o delegado George Marques, como a droga estava pura, ela seria misturada com outras substâncias químicas e daria uma quantidade maior.
“Como é uma cocaína não processada, ela vai receber substâncias químicas e a quantidade iria crescer cerca de 10 vezes mais. A quantidade de dinheiro, também, daria muito alta”, explicou o delegado.
Maria Eunice Gomes Pereira foi autuada em flagrante por tráfico de drogas. A polícia vai investigar a origem da droga e quem mais está envolvido no crime.
fonte Imirante

Milhares de eleitores de Aécio participaram neste sábado da maior carreata da eleição presidencial em Imperatriz organizada pelo prefeito Madeira, os eleitores se concentraram na Avenida Bernado Sayão, em frente ao 50 BIS, os prefeito Madeira e Jairo Madeira, vice prefeito Porto e os vereadores Hamilton Miranda e Esmerahdson de Pinho, estiveram em frente a carreata que percorreu Bairros, Nova Imperatriz, Juçara, centro e Bacuri.

O final da carreata aconteceu na Praça de Fátima onde o prefeito Madeira agradeceu aos participantes e falou da Importância que é eleger Aécio Presidente no Brasil no domingo, o prefeito disse que a eleição de Flavio Dino só será completas se votarmos em Aécio, o prefeito lembrou da eleição de Jackson, onde dois anos depois o grupo que perdeu a eleição caçou Jackson devido o apoio politico que tinha no governo federal, o prefeito Madeira que neste segundo turno para presidente fez igual como fez no primeiro turno para governador onde ajudou a dar a Flavio Dino 84% do votos em Imperatriz, Madeira alem de fazer caminhadas pro Aécio nos bairros de Imperatriz, ele esteve fazendo carreatas em todas as cidades da região Tocantina,













Já todas as fotos da carreata Aécio 45.


Populares encontraram dentro do Cemitério Campo da Saudade na manhã desta sexta feira o corpo de  homem, identificado por Hermeson, o mesmo tinha sido morto com pancadas de cruz de Madeira, o achado cadavérico chamou a atenção e centenas de curiosos, ao lado do corpo uma grande cruz de Madeira, informações colhidas no local é que Hermeson era morador do Povoado Bela Vista, Estado do Tocantins.

Este foi o segundo homicídio registrado este ano dentro de Cemitério em Imperatriz, o outro foi no inicio do ano no Cemitério Jardim das Rosas, Bairro Parque Alvorada, outros casos de violências já aconteceram anteriormente, no Cemitério São João Batista um usuário de droga foi baleado, vindo morrer no Socorrão Municipal.

Outro tipo de crimes que acontecem é os assaltos, muitos usuários de drogas entram nos cemitérios para usar droga e praticar crimes.
                       
A Justiça proibiu, na tarde desta quinta (23), a licitação aberta pelo Governo Roseana Sarney que tinha por objetivo contratar empresa para gerenciar o Sistema Penitenciário do Maranhão por dois anos. O valor foi considerado abusivo e foi denunciado à Justiça pelo deputado estadual Marcelo Tavares (PSB), coordenador da Equipe de Transição designada por Flávio Dino.
Com valor de R$ 1,39 bilhão, a licitação seria realizada na tarde desta quinta (23), às 15h, na Comissão Central de Licitação do Governo do Estado. O valor, que corresponde a nada menos que 10% de todo o orçamento do Estado, foi considerada abusiva pelo juiz Douglas de Melo Martins, que responde pela Vara de Interesses Difusos e Coletivos.
O juiz acolheu a argumentação do deputado, que demonstrou que o contrato pretendido pelo Governo Roseana era abusivo. A licitação transcorreria no final do mandato de Roseana Sarney, o quer descumpre o artigo 42 da Lei Complementar 101/2000. O dispositivo legal proíbe que nos últimos oito meses de administração sejam feitas contratações que não possam ser pagas pelo governo que termina.
Além disto, o juiz salientou que o valor global do contrato ultrapassa o razoável para a contratação desse serviço está muito acima do praticado em todo o Brasil. A título de comparação, o juiz mostrou que o estado do Alagoas gasta mensalmente por preso o valor total de R$ 3 mil, enquanto o contrato proposto por Roseana Sarney dedicaria a cada preso nada menos que R$ 8.891,00 mensalmente.
A decisão, segundo o magistrado, teve por obrigação “resguardar o patrimônio público, especialmente em razão da proibição do enriquecimento ilícito do particular às custas da Administração Pública”. O caso continuará sendo investigado pela Justiça Estadual.