Escolher Menu

Últimas Notícias

CONCURSOS

POLÍTICA

POLICIAL

GERAL

TRÂNSITO

» » » » Deputado Marco Aurélio reforça luta pela criação da UEMASUL na Região Tocantina


PINHEIROFOTO 21:29



O deputado estadual Professor Marco Aurélio (PCdoB) tem sido um dos grandes defensores do projeto de criação da Universidade Estadual da Região Tocantina – UEMASUL, proposta de autoria do governador Flávio Dino que visa criar uma nova universidade na Região Tocantina, a partir dos campi da UEMA presentes na região. Medida que dará autonomia e possibilitará maior crescimento para o ensino superior em toda a região.


O projeto foi encaminhado à assembleia legislativa no último mês de setembro e desde então, Marco Aurélio tem buscado o apoio dos deputados estaduais para que o projeto seja aprovado o quanto antes. “Entramos com um requerimento solicitando que o projeto fosse votado em regime de urgência, o objetivo é que o projeto seja aprovado logo, para que a equipe de transição e implantação tenha tempo de organizar todos os procedimentos para a criação da UEMASUL, a partir de 1 de janeiro de 2017 e possa atender os alunos da nossa região com a maior qualidade possível. ” Afirmou o parlamentar.


Apesar da importância do tema, alguns parlamentares tentaram obstruir a votação do requerimento de urgência e se manifestando contrários à aprovação do projeto de lei. A demora levou centenas de estudantes às ruas de Imperatriz na manhã desta terça-feira (25), manifestando apoio à criação da nova universidade. Segundo eles, uma nova universidade com autonomia financeira, administrativa, disciplinar e pedagógica daria um salto na qualidade do ensino em toda a região, o que contribuiria consideravelmente com o desenvolvimento local.


Além de objetivar o desenvolvimento de acordo com a vocação produtiva da região, o projeto de lei garante autonomia administrativa à nova Universidade. De acordo com o texto enviado à assembleia, todos os bens imóveis e móveis atualmente pertencentes à Universidade Estadual do Maranhão (Uema) na região passam a fazer parte do patrimônio da UEMASUL e serão aplicados de acordo com as especificidades da localidade. O projeto especifica ainda que a lista de municípios que será atendida pela nova universidade será fixada em decreto posterior à aprovação da lei.


Marco Aurélio agradeceu o esforço do governador em valorizar o ensino superior na região. “A partir da criação de uma unidade administrativa, teremos a descentralização da universidade, o que dará autonomia à região, possibilitando assim o melhor desenvolvimento de suas atividades.” Destacou o parlamentar, completando que a criação da UEMASUL, com a devida condição orçamentária, ajudará a melhorar as condições dos cursos já existentes e a adição de novos cursos na região.


O requerimento de urgência foi aprovado durante a sessão plenária desta terça-feira (25) e a matéria já seria votada, quando foi feito pedido de vistas por 24 h. Amanhã a matéria será votada e os deputados da base do governador Flávio Dino estão confiantes na aprovação. Marco Aurélio é vice-líder do governo na Assembleia e tem sido um dos principais articuladores para aprovação do projeto na casa de leis.



Ex-aluno do curso de matemática no campus da UEMA em Imperatriz, o próprio Marco Aurélio contribuiu com R$ 1 milhão de reais, em emendas parlamentares, para aquisição de livros, computadores e melhoria da infraestrutura do campus de Imperatriz. “Como filho da Universidade Estadual do Maranhão, como uma pessoa que teve todas as oportunidades de crescimento profissional, de fortalecimento de uma compreensão e amadurecimento pessoal graças à universidade, eu entrava na UEMA há quase vinte anos com muitos sonhos, filho de uma costureira, adentrava a universidade com o objetivo de ser professor. A UEMA me proporcionou todas as possibilidades de inclusão social, de acreditar que a educação me faria vencer. É por isso que destaco o fortalecimento da UEMA em nossa região, com a nova estrutura administrativa da UEMASUL, pois terá condições de contribuir com o crescimento desta instituição e com o futuro de tantos jovens que por lá alicerçarão seus caminhos.” Concluiu.

Nenhum comentário

Leave a Reply