Escolher Menu

Últimas Notícias

CONCURSOS

POLÍTICA

POLICIAL

GERAL

TRÂNSITO


PINHEIROFOTO 20:07
Agentes da Setran, do MOB e da Polícia Militar durante ação de fiscalização ao transporte clandestino na Avenida Pedro Neiva de Santana

Ação é resultado da parceria dos órgãos de trânsito, segurança e Ministério Público

Veículos que operavam irregularmente no transporte escolar e de passageiros foram alvos, ontem (6), na Avenida Pedro Neiva de Santana, de uma grande ação de fiscalização realizada pela Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (Setran), a Agência de Mobilidade Urbana e Serviços Públicos (MOB), o Ministério Público do Trabalho (MPT), o Ministério Público Estadual (MPE) e a Polícia Militar do Maranhão (PMMA).

Durante a ação, mais de 20 ônibus e vans que atuavam de forma clandestina no transporte intermunicipal de passageiros na linha Imperatriz, João Lisboa, Senador La Rocque e Amarante do Maranhão foram apreendidos, em caráter definitivo, pelos agentes de fiscalização da Setran e da MOB. Todos os veículos, sob escolta da Polícia Militar, foram recolhidos ao pátio do 3º BPM, no Bacuri.
Mais de 20 veículos foram apreendidos, em caráter definitivo, durante a fiscalização

O secretário municipal de Trânsito, Leandro Braga, disse que foram detectados durante a fiscalização veículos em péssimas condições de conservação, motoristas sem habilitação e a falta de equipamentos obrigatórios de segurança, itens indispensáveis para garantir a segurança de quem utiliza o transporte.

“Nós percebemos que um dos ônibus apreendidos estava com pneus recapados na dianteira, situação que não é permitida, semelhante ao que tombou nesta semana na BR-010, deixando mais de 10 feridos” – destacou o secretário. Ele garantiu que a ação de fiscalização, desenvolvida em parceria com a MOB, terá continuidade em diversos pontos estratégicos de Imperatriz.

O chefe da assessoria de fiscalização do MOB, João Márcio Banhos, ressalta a importância da união dos poderes que resulta em grandes benefícios à comunidade usuária do transporte coletivo. “Os veículos apreendidos, na competência da MOB, serão lavrados auto de infração, ficarão retidos e terão que procurar a agência para regularização dos ônibus” – enfatizou.

O promotor Sandro Bíscaro, da 2ª Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor e dos Direitos Fundamentais, acompanhou a fiscalização e exigiu alvará de funcionamento e verificou as condições dos ônibus e vans. “Nosso objetivo é garantir segurança ao consumidor”, finalizou.

Nenhum comentário

Leave a Reply