..

..

Assis garante, no DF, entrega das casas do “Teotônio Vilela”

Assinaturas dos contratos das 920 casas do Residencial Teotônio Vilela, no Bom Jesus acontecem ainda esse mês, graças a entendimentos em Brasília, entre Assis Ramos e o ministro das Cidades, Bruno Araújo, durante encontro intermediado pelo senador Édison Lobão, PMDB

920 famílias vão realizar, já-já, o sonho casa própria Deverá acontecer ainda neste mês, provavelmente nos dias 30 e 31, as assinaturas dos contratos das 920 casas do Residencial Teotônio Vilela, no Bairro do Bom Jesus, para a entrega, logo em seguida, dessas unidades habitacionais às famílias contempladas. A longa espera está perto do fim, graças a entendimentos finalizados no começo da noite de anteontem, em Brasília, entre o prefeito Assis Ramos e o ministro das Cidades, Bruno Araújo, durante encontro intermediado pelo senador Édison Lobão, PMDB.

Toda a burocracia que se dá dentro da Caixa Econômica Federal está em fase final de cumprimento. Ainda nesta semana a Secretaria do Desenvolvimento Social, SEDES, deverá receber sinal verde para marcar a data da assinatura dos contratos. A secretária Fátima Avelino, que ontem despachou com Assis Ramos sobre o “Teotônio Vilela", saiu do encontro prevendo os dois últimos dias deste mês para se reunir com os chefes das famílias agraciadas. Imediatamente após a assinatura dos contratados, entre a CEF e os proprietários das unidades habitacionais, Cemar e Caema fazem as ligações de luz e água, respectivamente, e a SEDES recebe o “ok” para proceder a entrega das chaves. “De posse das chaves, as famílias já podem mudar para suas casas”- observa o prefeito Assis Ramos.

Ramos e Avelino acreditam que nas duas primeiras semanas de setembro, “não mais do que isso", diz a secretária da SEDES, se dará a entrega das chaves, pelo prefeito Assis Ramos, em solenidade que contará com a presença do senador Lobão que deverá vir como representante do presidente Michel Temer e do ministro Bruno Araújo. SAÚDE - O prefeito Assis Ramos, em reunião, ontem, com assessores, repassou os resultados da viagem a Brasília, dando as informações a respeito do “Teotônio Vilela” e reafirmando que o ministro da Saúde, Ricardo Barros, com quem esteve um dia antes, socorrerá Imperatriz com verba extra para suprir necessidades de Imperatriz, que atende uma população de 700 mil habitantes, de regiões de 3 estados, Maranhão, Pará e Tocantins. “Estamos dentro de um contexto de crise e, Imperatriz, muito mais, por conta das enormes dívidas que recebemos da gestão passada. 

Com muito sacrifício evitamos a paralisação de serviços vitais, pagamos as contas velhas e honramos as novas; recuperamos os salários e aumentamos o vale refeição; estamos vencendo o desabastecimento de medicamentos e insumos; estamos recuperando as estruturas e contratando mais gente, inclusive médicos, e, enfim, estamos melhorando a Saúde. Vindo mais essa ajuda, avançaremos um pouco mais”- comemorou o prefeito.