.

.

Polícia elucida homicídio de universitário vítima de “latrocínio”, em Açailândia

Universitário Karlisson Dominique Fernandes Alves, morto durante assalto em Açailandia

As policias Civil e Militar dão por elucidado o Homicídio do Jovem universitário Karlisson Dominique Fernandes Alves, ocorrido no último sábado (26), durante um assalto no bairro do jacu, em Açailândia.

Após várias conduções e levantamentos realizados a cerca do latrocínio (roubo seguido de morte), o serviço de inteligência da Polícia Militar de Açailândia conseguiu chegar até os principais suspeitos de cometer a “barbárie”. Trata-se de dois menores de idade, já “velhos conhecidos da polícia”.

Um dos indivíduos, de apenas de 16 anos de idade confessou de forma espontânea a participação no latrocínio, apontando ainda o segundo envolvido no crime, também menor de 16 anos, que cumpre medida socioeducativa na FUNAC de imperatriz, pela pratica de outros delitos.

De acordo com o que apurou o Blog do Antônio Marcos junto ao Delegado Saniel (2º Distrito Policial) que preside o inquérito, o segundo envolvido no crime que seria o autor do disparo que matou Dominique, foi liberado da FUNAC na última quinta-feira (24) para passar o final de semana com a família, ensejando o momento aproveitou para praticar o crime.

“O fim de semana que seria para ficar com a família, o menor aproveitou para praticar o crime, ora elucidado. Para não despertar qualquer suspeita, na segunda-feira seguinte ele retornou a FUNAC de Imperatriz, como se nada tivesse acontecido”, disse o delegado.

A polícia segue realizando buscas no sentido de localizar a arma utilizada para cometer o crime que chocou a cidade de Açailândia.

O CRIME.

O jovem universitário identificado como Karlison Domynique foi assassinado por volta das 22h do último sábado (26) durante um assalto no bairro do Jacu, próximo ao Estádio Pedro Maranhão, em Açailândia.

Segundo uma testemunha ocular do fato, o jovem teria se espantado ao ser abordado pelos criminosos e por isso foi alvejado com um tiro na cabeça, vindo a óbito minutos depois de dar entrada no Hospital Municipal (SESP).