.

.

Executado com tiros de pistola era acusado de um homicídio no Bananal e outro em Rondon do Pará


A execução de Jeso, ocorrido na madrugada desta sexta feira no Parque Anhanguera com oito tiros de pistola .40, para a policia foi um acerto de consta, Jeso Alencar da Silva, 36 anos, tinha passagens pela policia pelo crime de homicídio e porte ilegal de arma de fogo e trafico de drogas.
Jeso mas conhecido por Paulão, era bastante temido em toda região do Grande Bacuri, uma das passagens foi pelo assassinato de Werly Luciano Oliveira, crime ocorrido em 7 de junho 2014, na época a vitima tinha 24 anos, matou a vitima após uma desavença em um bar.

Após assassinar Werly Luciano, ele levou o corpo da vitima em carro de mão e jogou sobre os trilhos da Ferrovia Norte Sul, ele foi preso por policias do Bananal, ele também confessou um homicídio na cidade de Rondon do Pará, a vitima conhecido por Raimundo Praiano, informações da policia que agora estava traficando drogas, a policia não tem informações de quem teria praticado o crime, pelas características foi um crime de encomenda.