..

..

Sem propaganda, Assis Ramos atinge aprovação de 52%


Eleito com menos de um terço, prefeito já tem a confiança de mais da metade da população

O prefeito de Imperatriz, Assis Ramos, PMDB, que surpreendeu o mundo da política maranhense ao eleger-se, em outubro do ano passado, sem nunca ter disputado qualquer tipo de eleição, agora demonstra fôlego para ir além, registrando aprovação de sua administração junto a 52 por cento da população, conforme apurou o Instituto Galaxy, em pesquisa concluída no começo desta semana.

De uma disputa acirrada, contra o favoritíssimo ex-prefeito e empresário Ildon Marques; contra a candidata apoiada pelo Governo do Estado, Rosângela Curado, e contra o candidato do prefeito Sebastião Madeira, Ribinha Cunha, Assis obteve uma vitória apertada, com menos de dois pontos percentuais acima do segundo colocado, ou 29% dos votos válidos.

Menos de um ano depois, ao fim dos primeiros oito meses da sua administração, já quebrou a barreira dos 50% e registra uma aprovação de 52%. Em junho, medido pela Escutec, ele registrara 47% de avaliação positiva.

O Instituto Galaxy ouviu 1.200 pessoas em praticamente todos os bairros de Imperatriz, entre os dias 5 e 10 deste mês. Apurou que 6,8% dão nota 6 para o prefeito; 13,7% dão nota 7; outros 16,3% dão nota 8; enquanto 5,8% dão nota 9, e 10% dão nota máxima, 10. Os demais se dividem entre a nota 5 (15,2%), que sugere uma avaliação regular, e 26,7 reprovam com notas que vão de zero a 4. Os demais 5,5% acham que é cedo para avaliar o trabalho do prefeito.

No “aprova X desaprova”, o placar é de 52% dos que aprovam, contra 39,5% dos que simplesmente desaprovam. Os demais 8,5% não souberam opinar ou acham que ainda é cedo para uma avaliação.

SEM PROPAGANDA - A segunda pesquisa de avaliação do trabalho do prefeito Assis Ramos se dá ao término do oitavo mês da sua administração, sem que ele, até aqui, tenha feito qualquer tipo de propaganda das obras e serviços da Prefeitura. Informa a Assessoria de Comunicação, ASCOM, que esse tipo de divulgação só se dará depois de concluído o processo de licitação das verbas publicitárias, processo que ainda se arrasta, principalmente por exigências dos prazos de lei.

O prefeito, sobre o fato de já ser aprovado por mais da metade da população, disse-se satisfeito. Segundo ele, apesar da falta da propaganda institucional, “as pessoas estão atentas, principalmente às mudanças de postura e quanto ao jeito que a gente trata os recursos públicos. Minha gestão não está na TV e nos rádios, mas eu e minha equipe estamos nas ruas, nas escolas, nos corredores do Socorrão, enfrentando com coragem e dando boas respostas a todos os problemas que vão surgindo” – observou Assis Ramos.