.

.

Templos religiosos ganham iluminações artísticas bancadas pela prefeitura


A de São Francisco tem sistema improvisado para os festejos. Projeto definitivo chegam em 3 meses

A igreja de São Francisco de Assis, na Praça Brasil, ganhou iluminação especial, o que tornou o festejo deste ano ainda mais atraente.

O templo foi incluído num projeto inédito de ornamentação, da Prefeitura de Imperatriz, em parceria com a empresa Citelum, multinacional que atua na área de engenharia, com especialidade em iluminação pública, atualmente responsável por toda a iluminação pública da cidade.

Além da igreja de São Francisco, o projeto vai se atender, até dezembro, às paróquias de Santa Teresa, padroeira e cofundadora de Imperatriz, e Santa Cruz, na Vila Lobão. Paralelamente, o Templo Central da Assembleia de Deus, no centro da cidade.

O gerente da filial da empresa em Imperatriz, Evando Marcos Fernandes Silva, explicou que São Francisco recebeu, esta semana, uma iluminação provisória, em razão dos festejos. A partir de novembro será a vez do projeto definitivo ser instalado.

“Colocamos essa iluminação provisória, porque o prefeito Assis Ramos queria um incremento nesse evento, que é o festejo da igreja, que tem uma aglomeração muito grande”, argumentou o gerente.

Na igreja franciscana foram instalados 18 projetores. Doze desses equipamentos foram colocados com foco para a fachada, e o restante na área interna.

“Os projetores são de tecnologia RGB, que te permite adequar as cores de acordo com a necessidade do ambiente, e com baixo consumo, também”, disse. No caso de São Francisco, o padre foi quem definiu as cores que vão decorar o ambiente. Ele lembrou que a flexibilidade para o uso das cores vai facilitar, por exemplo, a realização de campanhas como “Outubro Rosa” e “Novembro Azul”.


Projeto das igrejas



O projeto, denominado pelo gerente da Citelum como “definitivo”, será executado até dezembro, e está orçado em cerca de R$ 350 mil. O material que

será utilizado é importado e vai demorar três meses para chegar a Imperatriz. A previsão é instalar 25 projetores em cada uma das igrejas.

“Para a implementação definitiva, nós adquirimos projetores da Philips, que é o melhor fornecedor desse tipo de material no Brasil. Só que o material que vamos instalar não é fabricado no Brasil. É um material importante, que demora cerca de 90 dias para ficar disponível “, disse, acrescentando que a previsão de início do projeto de ornamentação é o fim de novembro.

Com isso, as igrejas vão ganhar cores especiais para ornamentar o período natalino.