.

.

“Gaiolão” deixado por Roseana e Aluísio é demolido em Barra do Corda


Herança dos governos de Roseana Sarney e da gestão de Aluísio Mendes à frente da Segurança Pública, o “Gaiolão” da delegacia de Barra do Corda foi demolido na tarde de hoje por determinação do governador Flávio Dino depois da fatalidade com repercussão nacional ocorrida há duas semanas.

No último dia 08, detido pela PM por dirigir alcoolizado, o comerciante Francisco Edinei Lima Silva faleceu no referido “Gaiolão – uma espécie de cela usada para o banho de sol dos detentos, após um pico de pressão alta. O episódio foi explorado à exaustão pelo Sistema Mirante de Comunicação e por deputados serviçais do clã Sarney por mero interesse político.

Em nota à imprensa, o governo informa que desde janeiro de 2015, vem trabalhando para reduzir o número de presos nas delegacias e no caso especifico de Barra do Corda, as três delegacias da cidade serão assumidas pela Secretaria de Administração Penitenciária para construção de novos prédios com os padrões de modernização.

Fonte Blog Marrapá