.

.

Marco Aurélio detona críticas da oposição: “desespero”


O deputado estadual Marco Aurélio (PCdoB) foi direto ao ponto após críticas, completamente, absurdas da deputada Andréa Murad sobre a presença de servidores na Conferência Estadual do PCdoB, na última sexta-feira (20). “Talvez o maior desespero deles, ao ver a grandiosa conferência do PCdoB, as milhares de pessoas lá, foi ver partidos que historicamente marcharam com eles e agora já disseram ‘não’, porque agora vão com Flávio Dino para a reeleição”, destacou o parlamentar.

Em seu pronunciamento na Assembleia Legislativa rebatendo o discurso tresloucado de Andrea, Marco Aurélio citou os casos do PR e PRB, que até pouco tempo estavam no campo oligárquico e que escolheram marchar em Flávio Dino em 2018.

“Isso dá um desespero danado. Vão procurar achar algum defeito. Faça um exame de consciência, oposição. O grupo da oligarquia de fato, de direito, está perdendo. Está perdendo, primeiro, pela ineficiência, pelo que deixaram de fazer. Em segundo lugar, pela liderança do Governador Flávio Dino. Em terceiro lugar, o povo não quer mais voltar mais ao atraso. O povo quer dias melhores e, assim, terá”, enfatizou.

Marco Aurélio desmontou o discurso de Andrea Murad, que criticou o fato de na Conferência haver vários servidores públicos. “O evento não era expediente de trabalho, o evento era à noite, logo todos podiam ir: cargo comissionado ou não, efetivos ou não, ali tinham milhares, centenas de professores, por exemplo, com cargos efetivos e estavam lá por livre espontânea vontade. Quem estava lá estava por livre e espontânea vontade”, defendeu.

Ele criticou o fato da oposição sarneysista querer criminalizar tudo, até mesmo coisas que são absolutamente legais. “Eles vão porque acreditam no Governo para que eles estão trabalhando. Eles acreditam de fato. Eles não estão ali por acaso. Eles acreditam de fato que o Governador Flávio Dino está fazendo um trabalho revolucionário e que esse grupo que antes dominou e tanto massacrou o Maranhão não volta nunca mais”, explicou Marco Aurélio.

Para membros da oligarquia que detonou o estado durante 50 anos, realmente é difícil entender que as pessoas trabalhando, com amor, por um projeto que está transformando o Maranhão. É por isso que estrebucham tanto!