.

.

PMs acusados de ser mandante e executores da assassinato do Serralheiro Josley de Sousa são presos


Policiais Civis da 10ª Delegacia Regional de Imperatriz, cumpriram dois Mandados de Prisões em Imperatriz, expedido pela Juizá Ana Lucrécia Sodré  Reis, em desfavor dos PMs Wictor José Santos Lira e Jhon Mayke Barros de Sousa, os dois são acusados de envolvimento na assassinato do serralheiro Josley de Sousa Sousa, crime ocorrido em 9 de fevereiro de 2017 na Avenida da Liberdade, Bairro Ipiranga, ele foi assassinado por dois homens em uma moto. 

O terceiro Mandado de Prisão foi em desfavor do PM Mailton Pereira Pacheco, segundo o delegado Regional, ele teria sido o mandante da morte do serralheiro Josley de Sousa Sousa, falou também quem em 2014 o PM Mailton teria tentado contra a vida de Josley, a motivação do crime seria porque a vitima era ex esposa da atual mulher do PM. 
Serralhereiro Josley de Sousa Sousa, morto tiros pistola em 9 fevereiro 2017

Mailton Pereira encontra preso no Comando Geral da PM, por ter sido preso em flagrante, transportando fuzis, metralhadoras, pistolas e munições, prisão aconteceu na cidade de Bela Vista do Maranhão. 

O trabalho de investigação foi feito pela Delegada Nilmar da Gama, o Delegado Eduardo Galvão disse que no inquérito sobre a morte de Josley de Sousa, o PM Wictor José foi quem efetuou os disparos de pistola . 40,  a moto usada no crime teria sido pilotada pelo PM Jhon Mayke. 


Jhon Mayke, já esteve preso no Comando Geral da Policia Militar, em São Luis,  acusado de envolvimento em outro homicídio, ele estava em liberdade mas usando tornozeleira eletrônica, os PMs Jhon Mayke e Wictor José, foram levados para 3º Batalhão da Policia Militar, onde ficaram aguardando decisão da Justiça.